caitlyn-jenner-annie leibovitz vanity fair depois da cirurgia Habemus Caitlyn Jenner! Com novo nome e nova carinha, Bruce já não existe mais. Bem-vinda Caitlyn!
image O primeiro SnapVlog da minha viagem pelo leste europeu: Budapeste!
MEU PÉ GRANDE :: ONDE ACHAR SAPATOS

Eu queria ter aberto o título com a chamada “Drama: meu pé grande“. Mas quando eu digo drama não é existencial, mas sim comercial. Você calça 39, 40 e se lamenta no quanto é difícil achar sapato. Experimenta calçar 43. Sim, esse é o tamanho do meu pé. Minha mãe é 41 e meu pai 45, então não tive muita escapatória, mas ainda acho uma sacanagem divina… Poderia ter nascido gostando menos de sapatos pelo menos, né?

sapatos femininos tamanho grande onde comprar 40 ao 43 sapato salto sandalia

“Mas Gabi, você é alta! Quanto você queria calçar?”. Eu tenho 1.80m e a Gisele Bundchen também, só que ela calça 37. Maldita até nisso, rs. Acho que dadas as proporções, eu teria ficado satisfeita com um quarentinha. Na verdade eu nem queria ter pé menor, mas sim que as marcas produzissem tamanhos maiores. Mas não vim aqui para reclamar e sim para compartilhar. Quem calça acima de 40 como eu não pode comprar sapato nas lojas convencionais, onde todo mundo compra. Arezzo, Andarella, Mr. Cat, Santa Lolla, Carmen Steffens, Schutz, Via Mia, Dumond? Esquece! Então onde eu arrumo sapato? Pois é… Nem tudo está perdido. Algumas lojas enxergaram a oportunidade de mercado e investiram nesse público, que não é tão restrito quanto aparenta. Olha só algumas lojas que vendem sapatos grandes:

cinderella-look-glass-slippers-1280x960-wallpaper-toonswallpapers-com

Filme ridículo… ¬¬

Pé de Anjo :: A Pé de Anjo é onde eu compro 90% dos meus sapatos. Tem uma loja em Copacabana e outra no Centro  aqui no Rio de Janeiro, com numeração do 40 ao 43 para mulheres e do 45 ao 48 para homens. Não vou mentir para vocês… A maior parte dos modelos eu acho muito feios. Não quero cuspir no prato em que eu como não, mas quem vai preparada já consegue superar com mais facilidade. Nas primeiras vezes, eu era mais nova e tinha vontade de chorar. O importante é que dá para garimpar uns sapatos legais que vão caber. Além disso, o preço é justo e a qualidade pode ser bem boa. O que eu faço é comprar sapato em safra. Quando chega a coleção eu vou lá e compro 4 ou 5 de uma vez. Ps: o nome não é um deboche… É que na mitologia bíblica (?) os anjos têm pés grandes.

Casa Eurico :: Nunca fui pessoalmente porque é em São Paulo e quando vou lá é sempre na correria. Mas conheço quem já comprou online e deu certo. A Casa Eurico existe desde 1938. Acho isso muito legal! Lá os sapatos vão do 40 ao 43 (masculino do 44 ao 48). Assim como na Pé de Anjo, tem que garimpar um bocado.

cinderella sapato irma pe grande

Filme idiota… ¬¬

Max (Eurico Max) :: A Casa Eurico lançou uma segunda marca, chamada Max, que tem um mix de produtos um pouco diferente, feito em parceria de exclusividade com alguns fabricantes. Tem uma identidade própria, o que já é um diferencial nesse mercado. Passei em frente uma vez, a caminho de uma reunião na Oscar Freire e fiquei arrasada que não pude entrar. Pela vitrine deu para ver que o estilo é um pouco mais definido mas também que os preços são um pouco mais salgados. Pode ter sido uma impressão equivocada.

Odete Lis :: Comprei na Odete Lis ano passado e achei a sandália linda! Infelizmente, nunca consegui usar porque é um bocado desconfortável. Talvez seja culpa do modelo que eu escolhi, de tiras finas, mas fiquei frustrada (eu poderia ter trocado, mas tive esperanças de que usaria porque era muito bonita). Apesar disso, acho que a Odete Lis tem umas coisas bem atuais, claro que também tem que fuçar, mas volta e meia me interesso por algo. Se tivesse loja física aqui no Rio eu me esbaldaria toda semana, rs. Fui entrar no site pra escrever esse post e já estou com 10 abas abertas

Cinderella4

Filme desnecessário… ¬¬

Comprando fora :: Muita gente acha que quem tem pé grande arruma sapato no exterior. Mas não é bem assim… Fato é que o Brasil é um dos grandes fabricantes de sapato no mundo e boa parte dos sapatos que a gente compra lá fora foram feitos aqui, rs. Mas tem dois lugares que eu gosto de ir quando viajo. Um deles é a Payless nos Estados-Unidos, aquela rede de sapatos muito baratos. Em algumas lojas eles têm uma seleção que vai até o tamanho 13 americano, que é o meu. O melhor é que custa um valor simbólico, então eu compro todos que eu gosto e cabem. O que não é tão fácil quanto parece. Em Londres o lugar onde eu comprava alguns legais é a Evans, uma marca de roupas plus size que também vende sapatos grandes. O problema é que os sapatos também são muito voltados para pés largos… O que não é o meu caso, porque o meu é grande em escala. Mas para botas com cadarço, eu conseguia me virar ou até rasteiras com muitas tiras. Parece que a Long Tall Sally (loja para altas – eu amo a Inglaterra) também começou a vender desde que eu saí de lá. Nessas lojas, os sapatos são made in China, então não têm a mesma qualidade dos brasileiros. Não é preconceito e mais uma questão de material. Os chineses são muito “plástico” enquanto o nosso é mais “couro” ainda que não seja de bicho de fato. E o Brasil é bom de sapato mesmo, não tem como comparar.

Mandar fazer :: Taí uma coisa que poderia resolver a minha vida mas que eu nunca tentei. Acho que é muito investimento de tempo e dinheiro, com um grande risco de dar errado, rs. Inclusive, nem sei onde tem um profissional desses perto de mim. Não descarto essa possibilidade, mas por enquanto prefiro me virar com as lojas que fazem, até para dar um incentivo. Imagina se eles param?

gif cinderella sapato pe grande

Filme babaca. ¬¬

(mentira, te amo Disney!)

Existem outros sites também, se você jogar no Google, mas não conheço nenhum deles nem tenho feedback de outras pessoas para recomendar, por isso não incluí. Mas é aí que vocês entram! Quem tiver uma dica, compartilha aí nos comentários. Pode valer ouro para uma companheira de pezão, rs.

Gostaria também de aproveitar a oportunidade e chamar a atenção de marcas nacionais que estão perdendo essa fatia do mercado. Aliás, não só de tamanhos grandes, como o mercado do pé pequeno, como o 33. Pode ser um público bem grande, em déficit de sapatos e muito grato. Já tive essa conversa com grandes calçadistas do país e alguns me disseram que chegaram a arriscar e não tiveram retorno. Isso é porque quem tem pé grande não fica entrando nas lojas para saber se “chegou o 41″. A gente já vai direto no endereço certeiro. Se não fosse o blog, eu nem olharia uma vitrine de calçados. Por que eu faria isso comigo? Tortura! Então o que eu digo é: façam (tem mercado!) e botem a boca no trombone para divulgar!

Queria ainda agradecer a Ceconello, que fez uma rasteira linda tamanho 43 para mim. Foi um dos presentes que mais me emocionou até hoje. Um gesto sem igual! <3

A photo posted by Blog Starving (@blogstarving) on

Espero ajudar quem está em desespero por si, quem está em desespero pelas filhas (e filhos, né?) e que vocês também tenham dicas para compartilhar, mesmo que em outros países. Qualquer informação ajuda! :)

Beijos,
Gabi

30Comentários
Você Também pode Gostar
May 13, 2015
MOCHILAS HERSCHEL

Confesso que o estilo esportivo não me cativa muito. Eu acho lindo, mas essas tendências nunca me fisgam no fim das contas. Passei ilesa pelos “tênis de ginástica” e outros modismos, no entanto isso não quer dizer que de vez em quando alguma coisa não faça meus olhos brilharem. Um destes exemplos são as mochilas Herschel:

57417bc157914a65a4b32de0613c49f1
blog_herschel_01

Screen Shot 2015-05-04 at 7.17.05 PM

Desde que as conheci quase sempre as chamo de Hershey, porque o amor ao chocolate é uma doença que me afeta até nisso, rs. De qualquer forma, apesar de não imaginar uma mochila encaixando muito nos meus looks, achei essa marca canadense um charme! A Herschel não é tão antiga, é de 2009, mas tem uma pitada vintage tão cool que fiquei apaixonada.

adcdc0cea4d1c1628c90ac8f8a50c386

Os modelos são bem simples, não têm nenhuma grande firula, e talvez por isso eu goste tanto… Ou talvez eu só tenha me apaixonado pelo branding da coisa. É como se todos os clientes fossem pessoas muito descoladas e que passam a vida viajando, rs. Um aviso: não olhem o Instagram deles porque é depressão na certa. Só imagens lindas! A marca tem um quê de montanhismo que seduz…

Tendencia-mochila-herschel-mochila-estilo-vintage-heritage-retreat-little-america-infantil-blog-starivng

O modelo que eu mais gosto é esse com os dois fechos de couro na frente, que eles chamam de “Retreat” ou “Little America” quando tem o bolso na frente. Talvez seja um pouco grande demais para o dia-a-dia, mas é tão bonita! As mais tradicionais, “Heritage“, também são uma graça. Além disso, volta e meia tem alguma parceria bacana, como a com a Liberty. Isso sem contar as versões para crianças, que são a coisa mais fofa. Quem gosta de mochila, se já não conhece, vai pirar no site.

O melhor de tudo é que o preço é bem simpático: de u$39,00 a u$69,00. Achei bem ok! O único problema é que não entrega aqui… Tem gente vendendo por aqui, mas é difícil de encontrar. Talvez a melhor opção seja o Ebay, o problema é a alfândega, né? Pelo menos o preço corresponde, rs. PS: A Mandy me avisou há pouco que também tem na Urban Outfitters, que entrega aqui. :)

Gostaram?! Já conhecem?

Beijos,
Gabi

1Comentário
Você Também pode Gostar
May 10, 2015
DICA DE LIVRO :: 101 DICAS DE UMA PERSONAL SHOPPER

Sou muito suspeita para falar de Juliana Burlamaqui. Além de minha mentora, musa e fada madrinha, essa é uma das pessoas mais generosas que o universo já colocou no meu caminho. Tão generosa, que resolveu compartilhar grandes trunfos do seu ofício com o mundo, através do seu recém-lançado guia “101 Dicas de uma Personal Shopper“. Sim, eu sou suspeita. Mas além de todas essas qualidades que já citei, a Juliana é uma das maiores consultoras de imagem do país, grande personal shopper e a mulher mais elegante do Rio de Janeiro. Digo sem economia porque é a mais pura verdade.

Screen Shot 2015-05-07 at 1.09.11 AM

É por isso que o seu guia está tão disputado por aqui. Não é só por saber se vestir, mas também por já ter vestido tantas outras. Além das clientes particulares, a Ju é personal shopper do Fashion Mall, shopping icônico aqui do Rio. O objetivo da publicação é treinar você mesma para nunca mais comprar errado e, no fim, ter o armário inteligente que a gente tanto precisa nessa vida corrida. Afinal, luxo é ter tempo, né?

Screen Shot 2015-05-07 at 1.08.53 AM

Eu já li tudo uma vez e meia e selecionei algumas das dicas que adorei (e algumas que surpreenderam até a mim mesma) para ilustrar um pouquinho do que tem no recheio:

• “Antes de sair às compras, fotografe seu armário com as portas abertas.”

• “Ao comprar uma peça, certifique-se de que ela combine com pelo menos mais cinco peças já existentes no seu armário.”

• “Se suas roupas estiverem distribuídas em gavetas, fotografe o interior e cole a foto na parte de fora.”

• “Ao chegar em casa, não vá tirando logo a etiqueta da peça.” (assim você ganha 30 dias pra mudar de ideia).

• “Compre um círculo cromático” (para fazer boas combinações de cores).

Essa de fotografar o armário de portas abertas antes de sair eu achei genial. Sobretudo porque esqueço que tenho as coisas! Claro que no texto original tem uma explicação mais elaborada para cada um desses tópicos. Mas essas são alguns que achei bem interessantes. O guia ainda conta com algumas preciosas dicas de consultoria de imagem e até de produtos que a Juliana adora, dos mais caros aos mais baratinhos.

JULIANA-BURLAMAQUI-SITE-1-043

A leitura é muito gostosa, bem-humorada e rápida. Dá para aprender tudo numa tacada só. O melhor é que custou só R$29,90. Quem preferir loja física encontra na Livraria Cultura e em breve na Argumento, graças à alta demanda. Não pensem muito, rs. Comprem e memorizem. Vale de presente também. ;)

Gostaram?!

Beijos,
Gabi

10Comentários
Você Também pode Gostar
May 07, 2015
Página 3 de 9312345...Última »