instagram-reflexao-foto-app-aplicatico-feed-identidade-tema Que filtro usar? Qual o tema? Essa foto não combinou com a outra, ai meu Deus... 😓
dicas-cuidar-cabelo-franja-truque-cortar-franjinh-beleza-blog 5 dicas pra cuidar da franja sozinha!
tutorial-diy-bubble-ponytail-rabo-de-cavalo-diferente-penteado-facil-festa-preso-cabelo-hair Um penteado fácil, rápido e que dá para ser usado da academia à festa arrumada!
banner-alma-de-flores2
HOMEM TEM QUE PAGAR A CONTA?

Este é um assunto recorrente nas minhas rodas de conversa e não sei porque até hoje não trouxe isso para cá… Muita gente vai ficar contrariada, porque eu tenho uma opinião meio enérgica a respeito deste tópico, mas acho que precisa ser discutido. O problema é que a questão da divisão da conta esbarra na parcela “conveniente” do machismo. Mas dá para se declarar feminista enquanto você deixa o cara pagar a sua conta, só porque ele é homem?

dividir-a-conta-do-restaurante-mulher-e-homem-quem-paga-2

Não seja esta pessoa… 

Eu acho e sempre achei um absurdo algumas meninas à minha volta declararem que consideram uma afronta o homem não pagar a conta no encontro. Ele por acaso é o seu pai? Não. Se você tem já alguma intimidade com o cara e alguém quiser fazer uma gentileza para a outra parte, acho super legal. Agora, partir do princípio que ele tem que pagar só porque ele é homem, é se colocar numa posição de inferioridade. Pode não parecer, mas é.

Outra postura que me irrita profundamente é ouvir meninas dizendo “ah, a gente gasta uma fortuna com depilação, manicure, cabelo, maquiagem e roupa, para depois ter que pagar o jantar?”. Sim! Você consumiu, né? Se você bota essas coisas todas na conta do cara, é quase uma forma de dizer que ele tem sociedade nesses preparativos todos – e que tem direito à parte dele, se é que me entende… Então por que “dar esse poder”? Quantas vezes vocês já não ouviram a história de que o cara pagou a conta e depois queria o “retorno” disso na casa dele? Tá em pelo menos uma meia dúzia de filmes (inspirados na vida real)…

dividir-a-conta-do-restaurante-mulher-e-homem-quem-paga

Nem esta pessoa…

Veja bem, se você tem um relacionamento com a pessoa, como um casamento ou namoro, e vocês têm um arranjo diferente disso, ok! Ninguém tem nada a ver com isso. Você ganha menos, virou dona de casa, está dura? Sem problemas. É uma parceria. Mas seria bom saber que se fosse ele no seu lugar, você faria a mesma coisa, certo? Não é só porque ele é o menino… Já uma outra coisa é impor isso a uma pessoa que você mal conhece só por conta do “Y” no código genético. Não é justo com eles e é sexista.

Tem muito homem que diz que gosta de pagar também… Eu entendo. Eles sempre foram colocados no papel de provedores e isso faz parte do roteiro. Mas acho que já está na hora de mudar esse paradigma e temos muito a ganhar com a mudança, que pode e deve partir de nós, mulheres. Não estou dizendo que tem que ser regra a divisão da conta, mas sim a intenção de pagar e o fim dessa imposição ao sexo masculino. Se o cara insistir em pagar porque ele convidou, por exemplo, não vejo nenhum problema. Mas não parta do princípio que é dele a obrigação de te bancar.

dividir-a-conta-do-restaurante-mulher-e-homem-quem-paga3

Seja esta mão!

Sendo bem genérica, o que eu quero dizer é: pague a sua parte da conta ou ao menos ofereça. Deixar o seu date pagar só porque ele é homem é um desserviço ao sexo feminino. Ted Mosby é bem mala, mas eu quase aplaudi a tela do Netflix quando ele disse que não queria mais sair com a menina porque ela não tentou (só tentar já tava bom pra ele) partilhar a conta. Amei! Esta é uma decisão que diz muito sobre você e eu acho que a alternativa tem um saldo mais positivo. :) Pelo menos, é o que eu penso ser o certo.

Quem está comigo? Se sim, eu topo te apresentar para os meus amigos… rs.

Beijos,
Gabi

85Comentários
Post AnteriorPróximo Post
Você Também pode Gostar
Dec 02, 2014
  1. Nanda - 02/12/2014

    Estou com vc, Gabi! Mas não precisa me apresentar aos amigos! hahaha Concordo com cada vírgula que vc disse! O Starving é o único blog daqui do brasil que eu ainda entro (já tem um bom tempo que acompanho aqui, desde que vcs ganharam o blackberry lavanda da farm! hahaha) Adoro que voces sempre trazem boas informações de moda e de comportamento com bom humor. Beijos!

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Hahahaha… Que linda! Amei!
      São poucas as que pegaram o comecinho! :)
      Obrigada pela lealdade!! <3
      Beijos,
      Gabi

  2. Marcela - 02/12/2014

    Sendo sincera, já dividi até conta de motel.
    Aviso de cara que eu só vou jantar em lugar onde possa pagar minha parte porque eu tenho orçamento apertado e sei como uma conta dessas pode furar teu mês. Não acho justo o cara se ferrar sozinho.
    Ainda mais com esse entendimento subliminar do “paguei a conta pra ter sexo”.

    Isso, meu amor, é de graça.
    Mas é quando eu quero.

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Você devia ser porta-voz da campanha! <3
      Amei e concordei com tudo!
      Beijos,
      Gabi

  3. Bárbara - 02/12/2014

    Estou 100% com você também Gabi! Eu namoro há 5 anos já, e estou noiva há 1, então não sei mais como estão as coisas “hoje em dia”, mas na minha época de dates sempre dividia as contas, ou pelo menos tentava! Com o meu noivo a gente acaba dividindo tudo percentualmente em relação a quanto ganhamos, dá mega certo! Parabéns pelo post!

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Acho super inteligente e justo!
      A gente sabe que nem sempre conseguimos ganhar tanto quanto os meninos.
      Esse tipo de compensação é tão perfeita! Que bom que vocês chegaram nesse consenso!
      Beijos,
      Gabi

  4. mari - 02/12/2014

    ola gabi, que assunto mais polemico…rs.. bem, vc é otima blogueira e fofa e pé no chao, dificil ver em blog. mas acho um assunto polemico, namoro ha mais de 2 anos e meu namorado é meio mao de vaca, dividimos tudo, mas normalmente eu gasto mais que ele por ser mais mao aberta, e tem hora que dá um cansaço sabe!? acho legal a mulher se “tocar”tipo, nao fazer de dondoca, ja tive namorado com dinheiro e fazia questao de comparecer, acho importante, mas acho tb que essa divisao matematica tem hora que é meio cansativa, tipo, parece impositiva… tb nao acho que os caras queiram pagar para as mulheres, muito pelo contrario, essa sistematica jantar x sexo é meio furada, ne?! mas acho que gentileza está faltando… a questao do pai é que há decadas atras a educaçao era outra, e hoje as coisas mudaram bastante, mas enfim, acho que é um assunto bem legal e engraçado para se discutir… como dizem “falar eu te amo é facil, quero ver eu te banco!”bjs

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Hahahaha… Eu te banco seria ótimo! Mas se eu puder me bancar acho que é ainda melhor, se compensar, claro, rs.
      Eu concordo que dividir metodicamente pode ser chato, mas o que eu quis dizer se aplica mais às etapas pré-relacionamento, quando não teve esse tipo de comunicação ainda. Eu não divido tudo necessariamente 50% exatos. Mas se hoje eu pago uma coisa, amanhã ele paga a próxima e assim tá bom.
      Se eu solteira fosse, e saísse com um menino, faria questão de dividir, ou pelo menos tentaria. Acho que é isso que falta para algumas meninas…
      Beijos,
      Gabi

  5. Juliana - 02/12/2014

    Adorei o post-polêmico-quase-desabafo! Sempre que a gente ia jantar em restaurante mais caro do que eu poderia pagar, eu avisava – se ele quisesse bancar porque era um convite, beleza. Mas conheço gente que se faz de desentendida na hora que a conta chega, acho no mínimo deselegância!

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Super deselegância e acho até constrangedor!
      Eu não fico à vontade numa situação dessas…
      Aliás, até em almoço de trabalho eu tento dividir, porque é fora do que eu costumo fazer, rs.
      Se for um convite, beleza! Acho super aceitável.
      De resto, acho que tem que botar a mão no bolso mesmo!
      Beijos,
      Gabi

  6. Flávia - 02/12/2014

    Amei o post e super me identifiquei.. Sou casada há 16 anos e mesmo na época do namoro sempre dividimos.. Uma vez ele pagava, na outra eu pagava e por aí .. Ele está sem emprego há dois anos, como eu já estive tb.. E agora eu pago todas as contas … Eh parceria, eh cumplicidade! E assim q tem q ser! Nunca gostei de ser bancada por ng… E sempre me ofereci para pagar a minha parte pelo menos! Estou com vc! Bjs

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Que história maravilhosa!
      Vocês poderiam ser um case… :)
      Muita felicidade pra vocês e tomara que ele consiga um emprego legal em breve!
      Beijos,
      Gabi

  7. Sara - 02/12/2014

    Eu acho que cada caso é um caso, mas se fôr para generalisar e falar de machismo/feminismo,ou seja igualdade entre homens e mulheres, enquanto as mulheres recebem menos que os homens, e isso é comprovado por pesquisas do governo, o homem teria que pagar a conta para nivelar. Mas claro que cada relacionamento é diferente, essa é uma visão bem geral de homens e mulheres em relaçao a dinheiro. E o engraçado é que pensei nisso hoje, sem motivo nenhum, antes de entrar no blog.

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Hahahaha… Estamos em sintonia!
      Essa desigualdade de salários é terrível mesmo. Mas acho que começar a dividir a conta é uma ferramenta para que isso mude um dia.
      Do momento em que não nos posicionarmos como dependentes, as coisas vão começar a mudar! :)
      Beijos,
      Gabi

  8. Gabriela - 02/12/2014

    Na boa, Mamis me ensinou ha muito tempo: quem convida paga a conta, simples assim! Não é sexista, não é machista, não e feminista; é código de conduta social. Assim, se eu, a mulher, convidei, a conta é minha; se ele me convidou, ele paga!

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Acho uma regra maravilhosa!
      Ele paga porque convidou, não porque é homem. E vice-versa!
      Super apoiada…
      Beijos,
      Gabi

  9. Amanda - 03/12/2014

    Bem, eu namoro há um tempo e no início não queria sair com meu namorado porque ele trabalha e eu não (ainda to na faculdade), e ficava com vergonha dele sair pagando pra mim por causa da minha educação, acho feio a pessoa aceitar esse tipo de dominação que uns caras impõe. Enfim, a gente conversou e ele disse que sabia o meu jeito, mas que por hora, ele ia pagar as nossas saídas porque to numa fase e em compensação faço uns jantares. Hahaha em suma, depende da sua historia, mas não deixa isso, é legal levar a pessoa pra sair tb! Ou fazer outra coisa especial
    Bj

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Hahahaha… Excelente acordo!
      Já eu nunca cozinho e meu namorado sempre! rs
      Mas acho que é sabedoria a gente não comer a minha comida.
      Eu sou um caos na cozinha! :P
      Beijos,
      Gabi

  10. Lívia - 03/12/2014

    Eu e meu namorado temos uma combinação que funciona bem pra gente: dividimos a conta até onde o meu salário permitir, daí em diante, é com ele. Como ele é 6 anos mais velho, muito mais avançado na carreira que eu (que sou recém formada) e ganha quase três vezes mais, acho um acerto razoável. Quando chego no meu limite mensal, aviso a ele que, por mim, vivemos a base de netflix e pipoca até o próximo dia 1º. Se ele ainda assim fizer questão de sair, sabe que terá que ser por conta dele.

    Até brincamos que, quando eu for uma advogada rica e famosa, vou passar seis meses pagando tudo! Hahaha

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Hahahahaha… Acho que é um investimento dele, hein? rs
      Acho perfeito! Muita cumplicidade!
      Parabéns! :)
      Beijos,
      Gabi

  11. Gabi Tortola - 03/12/2014

    Quando comecei a namorar o meu marido, ganhava o dobro do que ele ganhava, e não tinha nenhuma despesa. Ele, em contrapartida, pagava a faculdade e se mantinha. Então dificilmente saíamos, e às vezes ele dizia que não queria e tal, porque não tinha dinheiro pra pagar a conta. Depois de uma conversa bem franca decidimos que, se eu tava chamando, é porque eu podia pagar. E assim foi. Nossa situação financeira se equiparou e começamos a dividir a conta. Depois, teve a época de ele ganhar muito mais que eu, e ele pagava. Hoje nos casamos, nossa dinâmica é simples. O dinheiro é todo nosso. Acabou a grana, acabou o resguardo (if you know what I mean). Cumplicidade e parceria é a chave.

    Amo o Starving. Já falei no #melhorgrupo mas sou fã das duas lindas. E acho a Gabi uma DI-VA. Beijos Girls

    • Renata - 03/12/2014

      Que legal! Comigo e com meu marido é parecido. Estamos juntos ha 7 anos e meio e casados ha 6 meses. No começo do namoro cada um pagava o seu. Na epoca ele não trabalhava, ainda estávamos na faculdade, então nunca quis q ele pagasse a conta, pq na real era o pai q ia pagar e não ele né. Como eu tbm não trabalhava a gente saia qndo dava e cada um pagava o seu. Com o passar do tempo e qndo nós dois começamos a trabalhar a gente dividia, não exatamente 50%, pq ficava um pouco constrangida de literalmente dividir a conta. Revezavamos, uma saida era dele e a outra minha. Dps qndo resolvemos ficar noivos já tornamos nosso orçamento um só. Usava o cartão dele pra fazer compras pra mim e vice-versa. Hoje o meu salario e o dele é “nosso”. Como diz minha mãe “dinheiro não tem cor”. Não importa de onde veio, é nosso. Fazemos planejamento mensal de qndo vamos gastar e qndo recebemos juntamos os dois salarios, pagamos a conta e guardamos o q sobra para nós dois.

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Lindona! Muito obrigada!! <3
      Quando eu casar, quero que seja assim também.
      Acho o mais bacana a se fazer!
      Beijos,
      Gabi

  12. Betina - 03/12/2014

    Gabi, adorei o post.
    Muito lúcido e inteligente.
    Realmente, muitas pessoas ainda têm esta mentalidade.
    Estou num relacionamento há quase 06 anos e comecei a namorar muito nova (com 16 anos), até começar a trabalhar ele pagava tudo, quando arrumei meu primeiro estágio conversei com ele, explicando que queria pagar a minha parte. Hoje em dia a gente divide quase tudo, menos quando é alguma ocasião especial que ele me convida pra sair :D
    Beijos!!

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Comecei novinha também!! :)
      Mas acho que como ele tem mais ou menos a minha idade, nunca teve disparidade.
      Nesses casos, acho super ok! Até porque, ele é seu namorado e vocês têm uma relação…
      Beijos,
      Gabi

  13. Juliana Oliveira - 03/12/2014

    Concordo em cada letra, cada palavra e em cada frase. Parecia ate eu falando. Amei o texto!

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Maravilha! Já posso te apresentar pros meus amigos? rs
      Beijos,
      Gabi

  14. Nathália - 03/12/2014

    Gente, também adorei o post!
    Mas meio que sempre discordei disso pela criação ‘princesa de Disney’ que tive e pelo meio em que sempre vivi…
    Mas com meu namorado, que também é um príncipe, sempre sugeri a divisão, mas ele nunca deixou, desde os primeiros encontros… Mas a medida que fomos nos conhecendo melhor e as saídas foram ficando mais frequentes (e caras) ele foi se acostumando, e me deixando participar de algumas das contas.
    Nenhum de nós ainda trabalha a ponto de ganhar o que realmente queremos (vida de concurseiro é difícil) e eu só estudo… então fica a cargo dele mesmo todas as nossas saídas, mas convivemos bem assim até que tudo entre nos trilhos… quando aperta, damos uma diminuída e a pipoca e jantarzinhos em casa dominam!
    É tudo questão de conversa!

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Com certeza! E de parceria… :)
      Sucesso nos concursos!
      Beijos,
      Gabi

  15. Renata Gouveia - 03/12/2014

    Amei o post e resolvi comentar.
    Acho isso tudo muito feio, igual a mulher fala que não vai sair com o cara se ele não tiver carro.
    Namoro e sou noiva no total de tudo a 8 anos. Começamos a namorar no colégio, mas na época eu já trabalhava e tinha mais dinheiro. Naquela época sempre paguei tudo sem reclamar, afinal namoro é parceria, com o tempo, fomos crescendo, começamos a ganhar mais, e hoje, que somos noivos mas moramos juntos, sempre dividimos, mas nunca igual, ele paga uma conta, eu pago outra, sem neura de 50% lá e 50% pra cá…
    Acho que as mulheres tem que parar de se tratar como objeto.

    • Juliana - 03/12/2014

      Sou igual a vc Renata!! eu realmente odeioooo essa coisa de dividir! acho que eu fiquei traumatizada pq tive um ex-namorado que fazia questao de dividir os centavos da conta!rsrs e isso me incomodava !nao pq eu nao queria pagar mas achava muito deselegante! Hoje em dia faço assim, um dia eu pago a conta, outro dia ele paga…se viajamos um paga o hotel.. o outro paga a gasolina ou os jantares.. e assim vai! acho que funciona mto bem! pq como foi dito aqui já, o namoro ou qualquer relacionamento é de fato uma parceria! e a partir do momento que vc sobrecarrega um dos 2 lados, acho que já não fica tão legal..pra nenhum dos 2! enfim, eu penso assim! amo o blog! e acho q nao tem nada a ver fazer o homem pagar tudo só pq ele é homem!!! rs beijosss

      • Mandy e Gabi - 03/12/2014

        Isso! Não precisa ser ao centavo também… rs
        Alternância tá resolvido!
        Beijos,
        Gabi

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Nossa se uma menina fala isso na minha frente, sou capaz de um hadouken! rs
      E também acho que pode ser mais “uma mão lava a outra” do que 50% matematicamente.
      Beijos,
      Gabi

  16. Paloma - 03/12/2014

    Adorei a pauta!
    Já fui olhada como ET ao dizer que divido a conta com meu namorado.
    Beijos

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Pelas suas tias-avós? hahaha…
      Não creio nessas pessoas!
      Beijos,
      Gabi

  17. Ariane - 03/12/2014

    Amei! Acredito que convidar e pagar para o jantar é delicadeza, um carinho que um pode ser feito por ambas as partes, sem obrigação por ser homem ou mulher. Gosto quando me mimam pagando um jantar ou com um presente, mas também gosto de fazer isso para a outra pessoa. Me sinto incomodada de só “receber” e não retribuir. Para mim a relação tem que ser de parceria e amizade.

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Concordo com tudo!
      Beijos,
      Gabi

  18. Alessandra - 03/12/2014

    opa, pode apresentar os amigos gatos!

    concordo em gênero, número e grau com a postagem e acho muito válida a abordagem aqui, parabéns pelo post =)

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Hahahaha… Vou fazer o processo seletivo! ;)
      Beijos,
      Gabi

  19. Ana Brito - 03/12/2014

    Concordo com você, Cony!! Incrível como muitas mulheres ainda pensam que o homem deve bancar…
    Mas uma coisa acho muito feio: o homem (ou a mulher) fazer questão de dividir CERTINHO, CADA CENTAVO a conta,sabe? Não custa nada o SER HUMANO arredondar, porque pra mim isso além de feio é muquiranice. O que você acha?

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Adoro o Futilish! Mas aqui é outro blog! rs
      E também acho contar centavos muito chato…
      Beijos,
      Gabi

      • Dani - 04/12/2014

        Acho que ela se confundiu porque a Cony linkou o post no Facebook e ela deve ter pensado que era do Futilish ;-)

        • Mandy e Gabi - 05/12/2014

          Simmm! A Cony me disse!
          Normal! ;)
          Beijos,
          Gabi

  20. Meline - 03/12/2014

    Concordo demais!!! sério mesmo, que bobagem é essa de que o homem precisa pagar só porque é homem? Oi?! Eu sempre dividia com meu namorado, ele pagava quando eu tava sem dinheiro, ou às vezes eu pagava pra ele, caso ele tivesse sem dinheiro. Sempre insisto em pagar, mesmo no primeiro encontro, e acho que isso é o certo. Como você disse, ele não é nem nosso pai! E amo esse episódio do Ted, ele diz: “ela não fez nem a dancinha da conta”, tipo quando vc fica brigando pra ver a conta e pagar, hehe. Arrasou!

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      O pior é que os amigos brigaram com ele porque ele disse isso!
      Go Ted!!! hahahaha…
      Beijos,
      Gabi

  21. Susany Oliveira - 03/12/2014

    Concordo 1000% com você. Mesmo que o cara insista em pagar ainda sim eu ofereço, se for para dividir, sem problema.

    • Mandy e Gabi - 03/12/2014

      Isso aí! Tá certa!! :)
      Beijos,
      Gabi

  22. Maria Gabriela - 03/12/2014

    Concordo que a mulher tem que dividir sim! Mas eu acho que pelo menos no primeiro, só no primeiro, a mulher pode se oferecer a dividir, mas o homem deve pagar a conta… . Depois, quando se tem intimidade, acho um absurdo que a mulher queira ser bancada eternamente pelo homem! Lógico que são casos e casos, mas no geral, concordo super com você!

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Mas por que o homem tem que pagar o primeiro?
      Eu não entendo… rs
      Não consigo ver um bom argumento.
      Beijos,
      Gabi

  23. Rosana Rocco - 03/12/2014

    Nossa amei o post. É a 1ª vez que comento aqui no blog (sigo vcs mais pelo insta), mas essa pauta foi realmente demais. Desde o 1º encontro com o meu atual namorido a conta sempre foi divida. Ganhamos praticamente a mesma coisa (ok, ele um pouco mais), então nada mais justo do que dividirmos as despesas. Sempre tive a postura de me oferecer pra pagar a minha parte, mas qdo o homem recusava, ok, eu aceitava. Só o ato de se oferecer já demonstra que a mulher é elegante. Parceria é tudo! Cada casal encontrará o seu “denominador comum” neste quesito das despesas.

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Seja bem-vinda! Espero que volte mais vezes! :)
      E concordo: parceria é tudo!
      Beijos,
      Gabi

  24. Karoline - 03/12/2014

    Palmas Gabi!!!
    Concordo com disse e além do que , temos desconstruir o machismo nas outras mulheres, é uma tarefa difícil mas um dia chegaremos lá.

    Bjos :)

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Assim espero! rs
      Beijos,
      Gabi

  25. Carolina - 03/12/2014

    Eu sempre me ofereço.a pagar a.conta… Mas não por.uma questão “feminista”.. Eh apenas questao de.educaçao mesmo.. Enfiar o feminismo em tudo.eh tao chato quanto ter.a atitude da menina da primeira foto ;)

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Concordo, mas ainda acho que é uma questão feminista também.
      Beijos,
      Gabi

  26. Tamara - 03/12/2014

    Concordo contigo, mas o que acho meio feio é falar assim pro garçom: “a conta deu R$ 94,98, passa aqui R$ 47,49!”
    kkkkk
    Sou do time que prefere ir revezando, uma vez ele paga e da outra eu.

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Sem dúvida!!! Ao centavo é um saco… rs
      Beijos,
      Gabi

  27. Jana - 03/12/2014

    Uma vez sai para jantar pela primeira vez com um carinha e quando a garçonete trouxe a conta, eu peguei, olhei o valor e já ia pegar o dinheiro na bolsa qdo percebi que o caro estava super constrangido. Mais tarde ele disse que eu tinha sido mal educada. Kkkkkk… aprendi a oferecer para pagar qq conta com jeitinho para não ferir nenhum ego machista.

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Hahahahahaha… Coitado! Não está acostumado com o nosso referencial de educação, rs.
      Beijos,
      Gabi

  28. denise belém - 03/12/2014

    Parabéns Gabi! Muito orgulho de seu amadurecimento, consciência, clareza… Afinal, estamos no Sec. XXI e ainda tem um monte de gente achando que os homes precisam pagar as contas…

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Obrigada Denise!! <3
      Beijos,
      Gabi

  29. Florence Wozniak - 04/12/2014

    Bom, eu acho que se algum dos dois não tem condições de pagar e a outra pessoa se oferece pra pagar é como uma demonstração do quanto a pessoa quer estar com você. Eu sempre que tenho, pago minha parte, mas não vou mentir que quando estou sem dinheiro e o cara paga na maior felicidade eu fico caidinha, pelo fato dele demonstrar como eu disse antes, que é mais importante estar ali com a pessoa do que o dinheiro, nem que seja comendo um cachorro quente na esquina da praça kkkkk #Vivaoamor

  30. Florence Wozniak - 04/12/2014

    Bom, eu acho que se algum dos dois não tem condições de pagar e a outra pessoa se oferece pra pagar é como uma demonstração do quanto a pessoa quer estar com você. Eu sempre que tenho, pago minha parte, mas não vou mentir que quando estou sem dinheiro e o cara paga na maior felicidade eu fico caidinha, pelo fato dele demonstrar como eu disse antes, que é mais importante estar ali com a pessoa do que o dinheiro, nem que seja comendo um cachorro quente na esquina da praça kkkkk #Vivaoamor bjobjooo

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Concordo! Que pague porque quer, não porque é homem, rs.
      Beijos,
      Gabi

  31. Ana Paula - 04/12/2014

    Olá meninas,
    Adorei o post, e super concordo com vocês! Eu odiava primeiro encontro, sempre ficava aquela vergonha quando o rapaz pedia a conta, eu morria de vergonha, mas eu assumo que eu esperava que ele fosse pagar (me julguem Rs) mas sempre fiz questão de assim que a conta chegasse ele eu pegava meu cartão e falava para dividir, acho que nem questão de homem e mulher e sim de educação! Atualmente eu moro com meu namorado e dividimos a conta proporcionalmente ao salário de cada um. Acho o mais justo! Bjinhus meninas adoro o blog de vocês :)

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Julgo só um pouquinho… rs
      Mas você se redimiu, aos meus olhos! :)
      Beijos,
      Gabi

  32. Helô Prado - 04/12/2014

    PALMAS! PALMAS! =D Amei e concordo com cada linha do post. Eu namorei por 5 anos e, na maioria das vezes dividíamos a conta. Claro que quando eu ou ele estávamos sem dinheiro o outro pagava sem problemas. No começo do ano casamos e hoje em dias não tem dinheiro de um ou de outro, é tudo junto e misturado. Afinal, quando é tudo muito divididinho não é casamento, é república. HHAAHAHA

    Um dia li uma blogueira que eu ADORO dizendo que o namorado tinha que pagar sempre, porque ela era uma princesa. Fiquei decepcionada. =/ Mãããs, vcs me fizeram voltar a acreditar na humanidade com esse post. hahaha É minha primeira vez aqui no Starving e com certeza irei voltar. Me ganharam pela opinião. =**

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Hahahahahahahaha… República! :P
      Adorei!
      Que bom que curtiu! Volte sempre!
      Leitora inteligente é vida!!!
      Beijos,
      Gabi

  33. Marianna - 04/12/2014

    Amei o post! É assim mesmo! Eu sempre dividi, meio que de forma arredondada, pelo menos nos primeiros encontros, mas depois vai essa de uma mão lava a outra.. Se tô sem dinheiro já aviso logo e se ele ta sem e eu to com grana tb ja chego avisado pra não se preocupar que “hoje eu to de sugar mama”.
    Sempre pensei q se eu to saindo com o cara é pq eu tb quero, então,pq não dividir os gastos??
    Beijos

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Hahahahaha… suger mama! Amei! <3
      Beijos,
      Gabi

  34. caroline - 04/12/2014

    nossa, eu morro quando escuto essa de que fez unha, cabelo, depilação, comprou roupa e que por isso o cara tem que pagar… até pq EU pelo menos faço isso pra mim, todo mês. AHAHAHHAHAHA.
    super concordo com o seu texto. que acabe logo essa palhaçada de que apenas o homem paga. sou bem feliz por trabalhar, ser independente, ter meu dinheiro e nao vejo problema em dividir e até pagar.. a mente das pessoas precisa evoluir
    beijos

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Eu também acho… Façamos pra nós e paguemos nós também se for possível, rs.
      Beijos,
      Gabi

  35. Amanda - 04/12/2014

    Hahaha isso me lembra que saindo com meu namorado em em lanchonetes já aconteceu (várias vezes!) de ele pede primeiro a pessoa sempre pergunta “só isso?” aí ele diz que sim, na Hora de pagar vem o valor muito alto, quando a gente pergunta porque, o atendente esperto duplicou o pedido. A primeira vez que aconteceu achamos que foi confusão da pessoa, mas depois que continuou acontecendo vimos que são essas regras sociais machistas mesmo. Ou acontece isso ou ele pedir aí eu peço e cobram junto ou na hora de pedir a conta o garçom aponta direto pra ele. Nossa gente… E muito irritante isso! Já deu né. Admito que dependendo da situação (se for algo especial e tal) eu gosto que ele pague, porque ele insiste e vejo que ele fica feliz em fazer isso. Demonstra afeto e tal. Mas uma regra???? Absurdo!!!

    • Mandy e Gabi - 05/12/2014

      Chocada! Como isso acontece tanto assim?
      Onde você mora? 1950? hahaha…
      Que absurdo!
      Beijos,
      Gabi

  36. […] 9. Homem tem que pagar a conta? […]

  37. […] Homem tem que pagar a conta? | Starving […]

  38. Gabi - 07/12/2014

    Olá, amei a tag, ontem mesmo estava conversando sobre isso com o meu namorado. Sempre dividimos, e já até teve épocas em que ele estava desempregado que eu pagava, e nunca me importei. É injusto falarmos que gastamos mais com outras coisas, por que se gastamos é porque queremos e acho simplesmente ridículo quem vai dizer que se arruma só para o namorado entao deve ficar por conta dele. Eu me arrumo para mim, claro que as vzs caprichamos para eles, mas não justifica. Já vi várias colegas que acham se dizem feministas e acham um absurdo quem não paga a conta, igualdade tem que vir em todos os sentidos, no ônus e no bônus! =D

  39. Ana Luiza - 09/12/2014

    Um ano depois vim aqui comentar só pra dizer que apoio totalmente o seu pensamento. É até engraçado falar isso porque no meu caso foi sempre algo tão natural, é quase uma questão de liberdade, independência que eu gosto de ter mesmo. Eu sempre dividi a conta com o meu namorado. Namoramos há 4 anos e meio e acho que desde o primeiro encontro eu quis pagar minha parte. Daí é claro que de vez em quando é bom se sentir mimada e ganhar de presente aquele jantar romântico, mas isso é beeem de vez em quando. E nas saídas casuais sempre dividimos! Do mesmo modo que eu acho super injusto homem ter que pagar mais caro em baladas, igualdade é para todos e em qualquer lugar, não é mesmo?

    • Mandy e Gabi - 10/12/2014

      Concordo plenamente!
      De uma certa forma, essa cobrança diferenciada na boate, é quase como tratar mulher como carniça, rs…
      Enchem a boate de mulher e depois os homens vêm atrás pagando absurdos.
      Beijos,
      Gabi

  40. Alexia Chlamtac - 10/12/2014

    Oi meninas, encantada com o assunto desse post. Quando comecei a namorar, há um ano e meio atrás, meu namorado achava o cúmulo do absurdo eu querer dividir a conta, dizia que ele tinha sido educado para pagar tudo da namorada. Demorei muito para conseguir explicar que não era obrigação dele pagar tudo sozinho e hoje, as coisas funcionam de forma muito natural. Quando eu to quase pedindo esmola na rua (vida de estagiária é fogo), ele paga. Quando ele precisa, eu pago… em datas especiais, ele faz questão de pagar, mas eu tento recompensar de alguma forma… e consegui que tudo fosse justo para ambos os lados: no cinema, cada semana um escolhe o filme; ele se empenhou para entender de moda (e atualmente sabe o que é uma chanel, uma balenciaga etc); eu me empenhei para aprender jogar videogame; e muitas outras coisas que parecem óbvias e alguns casais ignoram. Para ele, graças a relacionamentos passados, ele tinha que fazer tudo para mim e eu deveria apenas aproveitar. Hoje, nosso relacionamento é extremamente saudável porque tentamos dividir tudo, da conta ao controle da televisão hahaha já vi muita menina que com esse argumento “pago depilação, unha, cabelo etc”, usa o namorado de escravo no dia a dia e se faz de superior. Detesto isso!

    • Mandy e Gabi - 10/12/2014

      Arrasou Alexia! :)
      Acho que essa divisão de vocês é o ideal…
      Beijos,
      Gabi

  41. Ana Vargas - 05/01/2015

    Concordo plenamente com você. Já ouvi mulheres falarem que se homem não pagar a conta não se encontra mas com ele, é caso para terminar relacionamento se ele sugerir dividir a conta mais de 5 vezes. Sem exageros! Porém cheguei a conclusão que as mulheres que tem esse pensamento são mulheres que querem ser sustentadas. As mulheres que dizem isso não querem saber de faculdade e de muito menos se estabelecerem em um trabalho de verdade. Fico abismada quando me deparo com pessoas assim. Penso completamente diferente! Não me sinto mais a vontade com o meu pai me sustentando que dirá outro homem. Sou independente para isso. Ainda bem! Claro que quando o boy quer fazer uma gentileza tudo bem mas “força-lo” a me bancar não concordo. É comodismo de mais ao meu ver.

  42. Diego - 28/01/2015

    Já repararam que a maioria dos comentários é assim:
    “Quando começamos a namorar ele trabalhava e eu não. Então ficava por conta dele”
    “Meu namorado ganha muito mais do que eu, então ele paga mais”

    Nunca uma mulher namora um cara que ganha menos.

    Estou com várias mulheres que ganham menos que eu dando em cima de mim e puxando assunto no whats comigo.
    A mentalidade que o homem tem que se sacrificar pra agradar as mulheres ainda impera até mesmo nos movimentos que se dizem feministas. HefoShe. Pq não, AllforAll?

    • Mandy e Gabi - 29/01/2015

      Acho que você tem que considerar que a proporção de mulheres que ganham mais do que os homens do seu mesmo círculo é ínfima.
      Eu adoraria ganhar mais do que o meu futuro marido mas, pelas estatísticas, isso é muito improvável.
      HeForShe porque o mundo precisa de equidade para alcançar a igualdade, que ainda é uma realidade muito distante.
      Acredito sim que existem pessoas que escolhem o parceiro pela renda, mas isso não se aplica a todo um sexo ou se reduz à ele.
      E parte desta cultura de que o homem tem que se sacrificar pelo sustento da mulher, que você mesmo detesta, é um dos elementos que o feminismo tenta combater.
      Quem sabe você é um feminista e não sabe?
      Beijos,
      Gabi