mar 23, 2015 | Por Mandy em Destaques, Reflexão

3 TRUQUES PARA FAZER UM HOMEM FICAR CAIDINHO POR VOCÊ

Screen shot 2015-03-23 at 11.32.31 PM

Acrobacias?

A internet é mesmo uma caixinha de surpresas e recentemente eu fiquei perplexa com a quantidade de textos que ensinam mulheres a “como se comportar” e sobretudo a como agradar um homem a ponto de fazê-lo te amar para sempre. Achava que isso tinha morrido com as revistas dos anos 90. Mas, aparentemente, ainda tem muita mulher que acha que existe receita para “prender um homem“. Porém, eu sei quais são os 3 segredos que você precisa saber quando recorre a um desses posts:

Dica #1: Não leia esses textos.

Dica #2: Releia dica número 1

Dica #3: Releia dica número 2.

hermione_punches_draco-57365

Pronto! Caidinho. ;)

Francamente, eu tenho muito medo de imaginar a quantidade de mulheres que busca auxílio em listas de regras escritas por pessoas que nem sabemos quem são. Li recomendações que mandavam a mulher ser sempre feminina, cheirosa, depilada, divertida (?) e não competir com o homem – leia-se, não deixe ele saber que ganha menos dinheiro. Eu juro que isso está escrito na web em pleno 2015. Que tipo de especialista chegou a essa conclusão? Foi um psicólogo, um antropólogo, um historiador, um comitê de homens ou de casais bem resolvidos? Quem é a pessoa qualificada para tal?

big-bang-theory-penny-WHAT-gif

Eu estou num relacionamento há 13 anos com a mesma pessoa. Nunca terminamos. Acho que temos um namoro maravilhoso! Mas nem por isso me sinto apta a distribuir as 5 leis do amor a torto e à direita para os demais casais que eu nem conheço. Sabe por quê? Porque não tem receita!

Acredito piamente que não existe um relacionamento igual ao outro e, por isso, não dá para generalizar com regrinhas genéricas na internet. Ainda mais porque a maioria destas sempre coloca a mulher numa posição terrível. Somos mulheres ou bonecas?

larsandtherealgirl-ryangosling-portable

Quer um conselho sobre seu relacionamento? Que tal conversar com seus amigos fiéis, que te conhecem como ninguém, com a sua irmã, com a sua mãe ou até a sua avó. Aposto que ela tem dicas muito mais preciosas (só filtra algumas coisas datadas, rs). Ou ainda melhor, conversar com o seu namorado/marido/peguete. Talvez funcione, talvez não, mas imagino ser uma tentativa melhor.

Schmidt advice new girl

O importante é não permitir que uma página de internet aleatória determine como seguir sua vida. Mudar suas roupas, sua personalidade, sua depilação porque um site prega um ideal inalcançável de mulher, na minha opinião, é sacrifício demais e eu duvido muito que dê resultados. Tem que ter bastante filtro para tirar algum proveito destas dicas… Pelo menos é o que eu acredito. Se você já mudou de vida amorosa por causa de um post de como prender um homem, manifeste-se! Mas eu imagino que você não exista, rs.

O que vocês acham?

Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
Comentários
  1. Lethicia Silva • mar 24, 2015 - 00:23

    Também fico muito surpresa quando vejo esse tipo de texto sendo escrito hoje em dia, acho um desrespeito! Já evoluimos em muitos aspectos, mas ainda há um longo caminho pra superar o pensamento machista… Acho super importante ver as pessoas se posicionarem quanto a isso e adoro as reflexões de vocês, sempre! :)

    Ah! Vocês viram a polêmica da nova coleção de esmaltes da Risqué? Na hora em que vi lembrei de vocês hehehe

    Beijos!

    • Mandy e Gabi • mar 25, 2015 - 02:53

      Vi sim! Várias pessoas me mandaram o link, rs… Achei curioso!
      Mas quanto à coleção, achei muito infeliz da parte da Risqué.
      Ao mesmo tempo, acho que a reação além de muito incendiária, só vai fazer vender mais esmaltes, rs.
      Beijos,
      Gabi

  2. Larissa Reeden • mar 24, 2015 - 01:15

    Sei que o assunto é sério, mas não tem como não rir do post.
    E revistas dos anos 90? A Nova (Cosmopolitan) tem matérias do gênero até hoje.

    • Mandy e Gabi • mar 25, 2015 - 01:50

      Socorro! Espero que sejam de colunistas, rs.
      Beijos,
      Gabi

  3. Silvia • mar 24, 2015 - 02:08

    Seis anos morando juntos, 11 1/2 anos de namoro, 5 1/2 casados. Conheci o Erick antes de pensarmos em ter qq coisa e ele sabia direitinho quem eu era. Logico que nesse tempo a gente muda, cansa de algumas coisas, começa a se interessar por outras e, no meu caso, muda mais de cabelo que a Cher, ;D Mas continuo, na essência a mesma pessoa. E concordo, não existe fórmula magica mas na minha opinão não dá para ter relacionamento sem respeito, muita conversa, jogo aberto, amizade e vontade de fazer dar certo, pq todo mundo passa por fases complicadas e se não tiver vontade, não vai dar certo. Eu tô passando por isso, mudei de cidade, abandonei meus planos por causa dele. É difcil pacas, viu?! Especialmente pq eu não sou Pollyana e odeio qdo acham que é minha obrigação seguir o “meu macho”, ou que a carreira/vida dele é mais importante ou que eu não abri mão de nada… (Como o mundo é machista, né?)

    No meu primeiro encontro eu falei TUDO o que existia de errado na minha vida, as coisas que eu não faria só muito bem paga- tipo acampar e ele foi escoteiro – e que eu não tinha paciência para homem pegajoso! Tudo o que esses textos falam para não fazer! Ah! E ainda deixei claro que o controle remoto da casa sempre seria meu e é até hoje! Já falei que ele tem que preferir que eu esteja confortável e saudável (quesito roupa íntima) do que montada pq eu jamais vou me sentir sexy se tiver algo me irritando! E para dizer que nunca fiz nada para agrada-lo casei de esmalte (pés e mãos) e batom vermelho! E de vez em quando eu pinto o cabelo da cor que ele quer, mas aí é pq eu tô com preguiça e deixo ele decidir :) E sim, ele ja me mandou para o salão mas pq sabia que iria fazer bem para a minha auto estima.

    Realmente é ridiculo que 16 anos depois – passei por isso no colégio – eu ainda veja mulheres não usando algo pq “nenhum homem vai olhar para mim” ou deixe de cortar o cabelo pq o marido não deixa… Triste!

    Beijocas!

    • Mandy e Gabi • mar 25, 2015 - 01:49

      Hahahaha… Você é a prova viva de que essas listas são furadas!
      Fez tudo ao contrário e olha aí como segue dando certo, rs.
      Não tem nem como argumentar diante do seu histórico!
      E acho que você abrir mão da sua vida aqui pela carreira dele foi muito bacana… Nada de obrigação como muitos acham por aí!
      Beijos,
      Gabi

  4. Claudia • mar 24, 2015 - 06:07

    realmente, não tá fácil e tem gente que acha que exageramos.
    Não é sobre o mesmo tema mas é uma lista que coloca a mulher como alguém que não diz o que quer, faz jogo e tals e veio de uma blogueira conhecida. Aquela conversa que tantos homens usam para justificar violentar uma mulher, já que “ela disse não mas queria sim”. E fico super decepcionada quando isso vem de um blog que eu sei que tem várias leitoras muito jovens que ainda estão perdidas em qual é e qual pode ser o seu papel na sociedade. Essa sociedade machista que ainda conta com ajuda das próprias mulheres para continuar com esse discurso. E essa blogueira ainda fala que foi para “rir de nós mesmas” e ainda falou com uma leitora “levar a vida menos a sério”. Eu acho que não devo viver no mesmo mundo dessas pessoas, porque passou da hora de todas as mulheres se JUNTAREM, e não ficar nesse joguinho de competição e, muito menos, rir de nós mesmas. a luta é de todas.
    aqui vai o post (que eu achei) bem infeliz. http://sonhosdecrepom.com.br/2015/03/o-que-as-mulheres-dizem-x-o-que-elas-querem-dizer/

    • Mandy e Gabi • mar 25, 2015 - 01:44

      Também não sou fã desse tipo de discurso que nos transforma em um bando de loucas.
      Claro que não foi nem de longe a intenção da autora… Me pareceu um texto de humor mesmo.
      E até achei que fosse ler algo pior quando li seu comentário, rs. Tenho lido cada absurdo!
      Ainda assim acho que pode ser nocivo para meninas que ainda estão construindo sua personalidade.
      É aquela coisa do Gaslighting…
      Já viu esse texto: http://www.papodehomem.com.br/porque-as-mulheres-nao-estao-loucas/ ?
      Fala sobre essa visão de que somos exageradas e dramáticas.
      Achei bacana!
      Beijos,
      Gabi

  5. Camilla • mar 24, 2015 - 06:44

    Tudo se resume em uma frase: não tem receita!

    Amei o texto Gabi! :)

    Beijinhos
    http://www.mademoiselleparis.com.br/

    • Mandy e Gabi • mar 25, 2015 - 01:28

      Que bom! <3 Obrigada Camilla!
      Beijos,
      Gabi

  6. gil • mar 24, 2015 - 06:46

    oi gabi, eu acho que todas nos merecemos alguem que nos ame do nosso jeitinho, meu noivo é magro e eu estou acima do peso, o mundo me julga por isso e ele sempre me fala que estou perfeita e que nao preciso melhorar kk nesse aspecto ele me atrapalha kk se eu acreditar nele vou ficar obesa em poucos meses kk mas acredito que ele me vê linda de todas as formas porque ele me ama de verdade e isso que me faz nao desistir embora algumas coisas atrapalhem, ja estive com pessoas futeis e que nao valem a pena, não ame quem quer te melhorar, ame quem acha que o melhor é você agora <3
    gabi adooooro seus posts s2
    gabi me visite também:
    Gilvaniaevans.com

    • Mandy e Gabi • mar 25, 2015 - 01:27

      Seu namorado é um príncipe! Ele que está certo… Ninguém tem que te julgar.
      Se você está feliz e ele também, quem tem algo a ver com isso? rs
      Que fofo seu blog! Adorei o header!
      Beijos e muito obrigada,
      Gabi

  7. […] A internet é mesmo uma caixinha de surpresas e recentemente eu fiquei perplexa com a […] […]

  8. Sarah Yasmin • mar 24, 2015 - 13:50

    As famosas listas… ‘x coisas que você não deve fazer’ ou ‘os segredos dos relacionamentos que dão certo’. Really? :/
    Pois eu conheço vários casais, que continuam juntos e que se separaram, e nenhum deles sabe a fórmula…
    Cada um funciona de um jeito. Acredito que cada casal se adapte e dê certo de uma maneira. Não acredito em regras em se tratando de relacionamentos.

    • Mandy e Gabi • mar 25, 2015 - 01:23

      Então estamos de acordo!
      Beijos,
      Gabi

  9. Camila Castro • mar 24, 2015 - 18:44

    Eu sempre acho estas materiais engraçadas, tanto quanto a de perguntas e respostas nestas revistas. Fico perguntando: Sério?

    Até porque não é uma coisa que vc faz ou não que mantem um relacionamento.
    Manter um relacionamento é um trabalho diário, tem muito mais do que isso. Reduzir o gosto da pessoa por um fetiche ou uma rebolada é simplório demais, é ridículo demais.

    Gosto muito quando vcs escrevem estes posts, fico admirada e acho que precisamos de mais reflexão, estão de parabéns!

    • Mandy e Gabi • mar 25, 2015 - 01:14

      Também já ri muito dessas pautas! São muito loucas! rs
      Obrigada!
      Beijos,
      Gabi

  10. Júlia • abr 02, 2015 - 21:54

    Gabi, confesso a você que já li dicas na internet e acredito que muitas mulheres com frustrações na vida amorasa acabam lendo, o que li era basicamente o horóscopo e coisas sobre linguagem corporal pra poder nivelar onde eu me situava no relacionamento, por eu boio muito e não costumo ouvir minha intuição, por insegurança msm… mas nunca me rebaixei a ponto de seguir conselhos machistas que dizem agradar um homem, mas acho que muitas mulheres devem fazer isso em pleno ano de 2015, em cidades do interior, até porque a cultura machista infelizmente ainda existe e muito! A ponto de parecer normal em determinados contextos e é normal em muitos países orientais ainda :CC

    • Mandy e Gabi • abr 07, 2015 - 21:49

      Infelizmente é assim mesmo!
      Tomara que todas cheguem a este post e questionem essas dicas, rs.
      Beijos,
      Gabi

  11. Daianne Possoly • abr 07, 2015 - 16:47

    hahahahhaha. Gente, que loucura! Eu assino o feed de vocês e hoj eu fui parar pra ler os montes de e-mails que estavam por lá, né… Ok… Quando me deparei com o título fiquei: WHAT! COMO ASSIM A MANDY OU GABI PUBLICAM ALGO ASSIM. Ainda bem que confiei o bastante em vocês para chegar até as regras, hahahah. <3

    • Mandy e Gabi • abr 07, 2015 - 19:41

      Hahahahaha… Bazinga! :)
      Beijos,
      Gabi

Voltar para o topo!