dez 16, 2015 | Por Mandy em Séries, TV da Gabi

#TVDAGABI :: BLACK MIRROR

black-mirror-poster

Black Mirror é uma série britânica que chegou há pouco tempo ao Netflix. Talvez você já tenha ouvido falar dela. Primeiro li um artigo a respeito, de Marcelo Rubens Paiva no Estadão, que a chamava de “a mais instigante de todas as séries“. Acabei esquecendo dela, até que uma grande amiga me falou sobre novamente. Como eu estou sempre procurando novas coisas para ver, resolvi dar uma chance. 

6f8eb0c976294178c1ccbc8b8b78c1bb

“A mais instigante de todas as séries” é eufemismo. Cada episódio é um soco no estômago. Não por violência explícita ou qualquer coisa do gênero. Mas dependendo do seu poder de empatia com a ficção, você vai ficar bastante desconfortável. Nenhum deles me fez sentir nada de positivo, rs. Ainda assim, acho uma das melhores coisas que já vi, no quesito qualidade e poder de reflexão. É intenso e denso. 

jsOe2qZ

Eu nunca consigo assistir a mais de um em sequência. Parte do motivo é essa agonia. Mas outra questão é que nenhum episódio é igual ao outro. São poucos deles, três por temporada, e cada um com uma história diferente e até diretores diferentes. Eu encaro mais como um filme pequeno de cada vez, rs. O nome (espelho preto), acredito eu, faz referência às telas das nossas vidas, como televisão, celular e alternativas que você ainda vai ver nos episódios, rs.

1419367852tumblr_ngr6hjK7mU1s39hlao1_500

Jon Hamm está no episódio de Natal

Porque vale a pena assistir? O que cada episódio tem em comum é que cada história retrata uma situação hipotética bem intrigante, daquelas que fazem a gente refletir, mesmo que não se trate de algo tão verossímil. Ainda assim, sempre dá para relacionar elementos do nosso cotidiano que são mesmo um bocado absurdas. Apesar de mexer com as idéias, ainda é bom entretenimento

tumblr_nj03vaOl6M1rvkoyno1_500

O primeiro episódio, por exemplo, conta a história do Primeiro Ministro britânico que é chantageado pelo sequestrador da princesa a fazer sexo com um porco em rede nacional. O segundo mostra um futuro alternativo, onde pessoas vivem em cápsulas televisionadas, trabalham o dia inteiro e sua única saída é através de um reality show de calouros (a ironia aqui é que a produção de Black Mirror é da Endemol, a mesma do Big Brother). Não vou contar como terminam, mas já deu para entender como é. 

Quem quiser uma distração pontual e rápida, que seja totalmente diferente do que tem por aí, pode dar uma chance a Black Mirror. 

Onde tem? Netflix.
Nota: ★★★★★★★★★★ 8/10

Mais alguém está vendo?

Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
Comentários
  1. Juliana • dez 19, 2015 - 14:37

    Essa série é incrível, Gabi! Descobri recentemente e devorei em pouco tempo. É de fato um soco no estômago, mas acredito que o incômodo que gera leva à reflexão… E ao mesmo tempo que se passa em um futuro distópico, é tão real e próxima da nossa realidade que sei lá.. forte. E o que falar do elenco? Vários rostos conhecidos de outras séries!

    Bjs!

    • Mandy e Gabi • jan 15, 2016 - 00:05

      Sim! Tão longe mas tão perto tambem…
      Dá para relacionar com a gente fácil, rs.
      Beijos,
      Gabi

  2. Marina • dez 22, 2015 - 14:19

    Eu assisti só o primeiro episódio até agora, é perturbadora a série. Você fica o tempo todo envolvida e pensando sobre aquilo que de um jeito diferente acontece na atualidade. Também não consegui assistir os outros em sequência…tô dando um tempo pra mim! Mas gostei, é totalmente diferente de tudo!

    • Mandy e Gabi • jan 15, 2016 - 00:04

      É isso! Perturbador, mas intrigante. rs
      Beijos,
      Gabi

Voltar para o topo!