LOS ANGELES EM UM DIA :: ROTEIRO DE LOS ANGELES EM 24 HORAS

Enfim meu roteirinho de Los Angeles em 24 horas! :) Olha quanta coisa deu pra fazer!

by 

Quem nos acompanha nas redes já teve um preview de como foi minha ida relâmpago a Los Angeles para assistir ao The Voice ao vivo. Para quem não sabe, fui convidada pelo Canal Sony, através do F*Hits, para conhecer os estúdios do programa e de quebra ainda conferir o primeiro show ao vivo da temporada. Sim, foi mágico. Mas vou guardar isto para o próximo post… Por ora, vou contar do meu dia em Los Angeles.

Eu nunca tinha ido para a Costa Oeste e sempre quis fazer uma road trip por lá. Mas a vida é assim mesmo e quando você pensa que está tudo planejado, ela te apresenta surpresas boas como esta. Eu soube que iria praticamente na véspera de embarcar. Não tive muito tempo para orquestrar um tour na cidade, ainda mais sozinha, mas eu ganhei um dia livre e quis aproveitar para otimizar ao máximo minhas 24 horas em LA!

Felizmente, essa network linda de leitoras de blogs ajudou bastante na hora de pescar umas dicas e eu consegui registrar algumas infos importantes do que era indispensável e do que era mais a minha cara. Resolvi tudo no lobby do hotel mesmo, com um mapinha. Como é muito difícil se locomover sem carro por lá, acabei contratando um serviço de ônibus City Tour no estilo “Hop On, Hop Off“, que permite que você embarque e desembarque à vontade nos vários pontos da cidade em que eles circulam. Eu estava no Hilton Universal – hotel super bacana que fica colado no Universal Studios (onde fica o estúdio do The Voice). Um dos roteiros do ônibus passava na porta dele. Embarquei e fui para a minha primeira parada: Hollywood!

Roteiro-los-angeles-um-dia-24-horas-gabi-blog-starving-canal-sony-fhits-hollywood

Não perdi muito tempo em Hollywood, confesso. A verdade é que não tem tanta coisa assim para ver e a cidade é gigante. Tem que otimizar mesmo com esse prazo. Consegui uma dica boa de ir ao Loews para uma bela vista do Hollywood Sign. É ao lado do Teatro Chinês, o que já mata dois coelhos de uma vez. O ponto alto desta parada para mim foi colocar meu converse nas pegadinhas da galera do Harry Potter! <3 #Potternismo

Roteiro-los-angeles-um-dia-24-horas-gabi-blog-starving-canal-sony-fhits-beverly-hills

Beverly Hills sempre desperta aquela curiosidade, até por ser um ícone cinematográfico. Além disso, estava no caminho para meu objetivo final: a praia. Fiquei na parte descoberta do busão de dois andares e mal desci no bairro (Condado, cidade? Não tenho certeza ainda). O lugar é muito, muito rico. Não digo nem pelas casas, mas pelas árvores. Cada rua tem a sua e sem direito a espécies intrusas. Imagina: numa via tem palmeiras, na outra eucalipto, na outra pinheiro, todas enfileiradinhas. Isso numa região meio desértica e com sol a pino em pleno Novembro. Passei até calor durante o dia – e não estou reclamando. Desculpe divagar sobre árvores, mas a biodiversidade da flora (ou paisagismo se preferirem, já que não foi exatamente a natureza que fez) é o que torna o cenário tão lindo e diferente. Amei mesmo e não só em Beverly Hills.

O ponto alto desta parada é a Rodeo Drive, que Julia Roberts apresentou para todos nós em “Uma Linda Mulher”. Esta é a rua com todas as lojas de luxo do mundo, ou boa parte delas. Nem me preocupei muito com esse ponto turístico, porque estava mais interessada nas barraquinhas de Venice Beach, que ainda estavam longe e eu não podia perder tempo. Algo que me impressionou era a perfeição do cenário. Tinha até lustres de cristais (que podem ou não ser decoração de natal). Me senti em um espaço quase cenográfico… Sem nem um chiclete colado no chão da calçada, rs.

Roteiro-los-angeles-um-dia-24-horas-gabi-blog-starving-canal-sony-venice-beach

Muiiito tempo (e dois ônibus do City Tour) depois, enfim cheguei no lugar que mais queria: Venice Beach. Passei por Santa Mônica no trajeto, mas resolvi ir direto para Venice e depois voltar pelo calçadão caminhando até o o Pier de Santa Mônica para o pôr-do-sol. Esse é o lugar mais exótico do ocidente no quesito “pessoas“. Tem de tudo! Marombeiros puxadores de ferro grau Schwazenegger (não vou dar google, tá? Finge que tá certo, rs), hippies, hipsters, artistas de rua, imigrantes, turistas, locais, atletas e aposentados. Vi algumas cenas preciosas como o cara na meia idade, com cara de surfista, que andava num monociclo de dois metros por lazer e a mulher que tinha três filhas e, para facilitar, levou as três para passear num carrinho de supermercado. Impagável!

Foi lá que vi o Oceano Pacífico pela primeira vez. Spoiler Alert: é igual ao Atlântico, rs. Ainda assim, fiquei bem feliz de ver a água do outro lado – o que ainda garantiu um crepúsculo bonito. Me senti muito Marissa Cooper com esses postos de salva-vidas na areia. Depois de uns minutos contemplando a praia, voltei para o calçadão onde está o buxixo. Lá tem muita barraquinha interessante, com comidas, artes, acessórios e “médicos” que podem te prescrever cannabis. Uso o termo científico mesmo, porque não me identifico com essa parte, rs. Lá só comprei um boné (florido lindo) e um saco gigante de Kettle Corn, que na verdade era o menor saco de lá. Serviu de almoço pra mim e ainda sobrou quase tudo. Gravei um pouquinho de performance pro insta. Olha só:

A video posted by Blog Starving (@blogstarving) on

Olha quanta gente em volta! :) Eu não boto minha cabeça ali nem morta… Que fique claro.

Roteiro-los-angeles-um-dia-24-horas-gabi-blog-starving-canal-sony-fhits-santa-monica

Depois andei uns 3km pelo calçadão que margeia a areia até o píer de Santa Mônica, que abriga alguns restaurantes e um parque de diversões old school. Eu já tinha recebido a dica de que lá tinha um belo pôr-do-sol, então programei minha chegada para esse momento. Ainda resolvi entrar na roda gigante, para uma vista ainda mais privilegiada. Olha que lindo! Fiquei uma horinha por ali e depois parti para o caminho de volta, até o que seria minha última parada: o shopping!

Roteiro-los-angeles-um-dia-24-horas-gabi-blog-starving-canal-sony-fhits-the-grove

Nem sei se chamaria o The Grove de shopping. Ele é a céu aberto e a coisa mais fofolete em matéria de comércio dos últimos tempos. Tem até um bondinho que anda de um lado pra outro. Ainda dei sorte de pegar a decoração de natal. Foi indicação da The e eu amei. No mix de lojas tem várias que eu amo como J.Crew, Forever21, Zara, Anthropologie, Apple, entre outras. Só sei que dei a sorte de pegar uma bela liqui de bijoux da J.Crew (minha favorita) e me fiz lá dentro, rs. Às 20h as lojas fecharam e eu tinha planos de jantar em algum restaurante legal… O plano se transformou em comer no Cheesecake Factory do The Grove… Que acabou virando plano “C” de comer no hotel mesmo. Eu sei que era cedo, mas no Brasil já eram duas da manhã e eu tinha acabado de virar a noite num avião por 12 horas. Estava exausta mesmo! Pedi um taxi no concierge do shopping e fui pro Hilton. Essa info é importante: não é tão fácil arrumar taxi estendendo o braço na calçada. Os locais só usam o Uber – que não é de luxo como aqui e ainda tem ótimos descontos. Mas eu estava sem internet, então descolei um através do shopping.

E essas foram minhas 24 horas em Los angeles! Acho que deu para rodar bastante em apenas um dia. Claro que deixei de ver muitas coisas, mas escolhi o que tinha mais a minha cara. Se eu não tivesse tão cansada, teria dado para encaixar algum restaurante em Melrose, que não fica longe do The Grove.

Roteiro-los-angeles-um-dia-24-horas-gabi-blog-starving-canal-sony-fhits-universal-studios

Bônus round: No dia seguinte, acordei às 5:00 da manhã. No Brasil já era 11:00, então dá para entender. Aproveitei para tomar banho e trabalhar um pouquinho, antes do café da manhã. Como a transmissão do The Voice só seria à tarde, tirei a manhã para ir ao Universal Studios. :) Fui a pé, porque é a 100 metros do meu hotel, literalmente. Em três horas (chegando bem cedo e em ritmo acelerado) consegui ir em todos os brinquedos que eu queria: A Múmia, Transformers, Krustyland – dos Simpsons e o novo brinquedo dos Minions! Muito fofo esse aliás. Fiquei meio triste que não tinha exatamente uma montanha russa, a maioria é simulador, mas ainda assim voltei a ser criança. Acho que é um programa que vale muito a pena se você tiver um tempinho sobrando em Los Angeles. Aguardo a parte do Harry Potter que ainda não abriu.

Por enquanto é isso gente! Em breve eu conto tudo sobre o The Voice – a melhor parte da viagem! Vale dizer que amei LA e que pretendo voltar muito em breve…

Beijos,
Gabi

13 comentários

  1. Gabi, AMEI seu dia em LA! Sonho em conhecer a costa Oeste, mas meu coraçãozinho palpita com a costa Leste e não consigo largar NY <3 hahaha
    Mas não tem como negar que é lindo né? Eu acho que iria amar muito! E dizem que o estilo é bem mais ~relax~, tipo o Rio, confere?
    E aaaaaah, você foi no Universal Studios!! AMO esse parque! Só fui no de Orlando, mas pelo jeito os brinquedos são os mesmos! hihi
    Curiosíssima com o post do The Voice!

    1. Confere!!! Eu nunca fui a maior fã de NY e achei que LA é bem mais meu estilo.
      Dá vontade de não sair mais… juro!
      Beijos,
      Gabi

  2. Adorei seu roteiro,tenho uma filha que mora em los angeles,gosto muito da cidade.So acrescentaria um parque nesse roteiro, o six flags,pra quem gosta de montanha russa radical,vai amar.

    1. Adoraria ter ido ao Six Flags! Amo montanha russa!
      Mas não tive tempo nesta vez… :/
      Na próxima vai estar no topo da lista!
      Beijos,
      Gabi

  3. Alohaaaa.
    Estarei em VEGAS e tirei um dia pra ir em LA, vou de aviao e chego em LA as 7:30am.
    Por favor, gostaria de saber como vou do aeroporto ate o centrão e como alugo o city tour.
    E também sonho em conhecer venice beach, é perto do centrão? Digo, consigo ver o q VC viu e ir pra venice?

    Parabéns pela visão e alohaaaa

  4. Adorei esse roteiro vou seguir e fazer o meu igual! :)
    Uma duvida, que horas você saiu do Hotel e iniciou o seu tour? só para eu saber se consigo fazer o mesmo, chegarei por volta das 10:30 e até fazer check-in acho que início as 12hrs será que da tempo de fazer todas essas paradas ? *-*
    Beijos!:*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.