jul 28, 2014 | Por Mandy em Destaques, Estilo, Looks

QUE TAMANHO VOCÊ VESTE?!

Sinceramente, não sei. Tenho roupas 4, 6, 8 e 10 (tamanhos americanos) e uso todas da mesma forma. Isso acontece muito aqui nos EUA e gera muita discussão. O tal “Vanity Sizing“, que nada mais é do que diminuir o número que está na etiqueta de, por exemplo, 10 para 6, só para que as mulheres se sintam mais à vontade e pensem: “Nossa, estou vestindo 6, que beleza! Vou comprar!”.

Algumas pesquisas apontam que, com o aumento da diversidade de tamanhos nos EUA, as numerações só ficam cada vez mais discrepantes, sendo mais difícil encontrar o seu tamanho real. E isso acontece porque as marcas querem agradar seus consumidores fazendo com que eles se sintam melhores com a própria aparência e, consequentemente, comprem o produto e fiquem fidelizados à loja. Sinceramente, acho que isso não acontece em muitos casos. Acaba que o número que está na etiqueta não quer dizer nada e só deixa o cliente mais confuso. Nunca vou ter certeza de quanto visto aqui e, por isso, sempre tenho que experimentar uns 2 ou 3 tamanhos diferentes.

vanity-sizing-tamanho-roupa-discussao-pensamento-clothe-veste-qual-eua-brasil

Teoricamente, existe um padrão de medidas determinado lá nos anos 40 e 50 mas, convenhamos, muita coisa mudou de lá para cá, então as marcas simplesmente abandonaram essas “regras” e cada uma decide a sua numeração baseada nos critérios que bem entender. Dois exemplos: A Zara é um dos casos mais conhecidos de Vanity Sizing e vai pulando a numeração ao longo dos anos para satisfazer seus clientes. Quem usava “L” antigamente, hoje veste “M”. Já a Abercrombie faz o contrário. Quem vestia 4 na loja há alguns anos, hoje deve usar 6,8… Isso tudo porque a marca quer limitar seu público para pessoas magras, mais próximas da imagem dos modelos que eles usam em suas campanhas. Louco, né?! :/

Outro exemplo que li em um artigo: uma mulher em 1937 vestia 14 na Sear’s. Em 1967 passou para 8, e hoje em dia ela vestiria 0! Ou seja, não tem algo muito errado aí? No gráfico abaixo dá para ver as diferentes curvas de tamanho de uma numeração 8 de várias marcas.

vanity-sizing-tamanho-diferente-lojas-moda-vestir-app-clothes-horse

Alguns shoppings aqui nos EUA passaram a disponibilizar um scanner que rastreia todas as suas medidas e diz qual o seu tamanho em cada uma das lojas! Outra novidade que promete ajudar, é um App que foi lançando hoje chamado “Clothes Horse“, onde você preenche todos os seus dados de medidas, peso, altura, etc. e ele te ajuda a decifrar a sua numeração em diversas lojas online, onde essa diferença pode ser ainda mais complicada, já que você não pode nem experimentar a roupa. E, quanto mais pessoas forem usando, o app vai se aperfeiçoando e aumentando a sua base de dados.

Achei essas tecnologias bem interessantes, mas não seria mais fácil (e leal) um mundo onde a gente saiba o nosso número real e que exista um mínimo de coerência e sistema nas marcas de moda? E, afinal, o tamanho que está na etiqueta realmente importa?! As marcas não estão enganando ninguém. Sabemos exatamente como a gente é. Só quero que a minha experiência de compra seja mais fácil e que a roupa caia bem! rs…

O que vocês acham? Já perceberam esse “fenômeno” em alguma marca brasileira? Escrevendo esse post lembrei desse do F-uti onde a Cá contou sobre a sua experiência com tamanhos diferentes.

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
Comentários
  1. Ana Carolina • jul 28, 2014 - 20:33

    Nossa, percebi isso na Zara mas achei que fosse coisa da minha cabeça! As duas últimas calças que comprei lá são um número menor do que o meu “normal”, sendo que eu não emagreci.
    Por isso super apoio a idéia de ter um padrão nos tamanhos, facilitaria bastante a nossa vida.
    Beijos

  2. Jojo • jul 29, 2014 - 13:11

    Eu acho bizarro essa coisa de tamanho. Eu sou uma pessoa acima do peso e acho que sinto isso mais ainda. Quando compro roupa na Leader, por exemplo, compro tamanho 48/50. Agora, se vou comprar na Posthaus o meu tamanho é 60! 10 números de diferença! Ter um padrão é bem melhor e com muito menos transtornos e idas ao provador…

  3. Juliana • jul 29, 2014 - 16:14

    Na Maria Filó eu tenho roupas de todos os tamanhos P, M e G. Também acho que essas coisas só atrapalham. A pessoa ou já carrega muito mais peças ao provador ou perde muito mais tempo tendo que pegar outros tamanhos depois…

  4. Débora • jul 30, 2014 - 22:14

    Também já percebi isso!
    Usava calças 40, passei para 38 e hoje em dia cheguei nos 36. Mas sem emagrecer, pelo contrário, fui ficando cada vez mais sedentária e comilona rsrs
    Beijos,

  5. Isabel Ferreira • jul 31, 2014 - 10:27

    Me lembro de uma peça que eu queria comprar na Farm, acho que na coleção de verão de 2013. Eu, que vestia P, de uma hora para outra passei para o G. Desisti na hora. Como foi falado, algumas confecções acabam fazendo “adaptações” na sua numeração para atingir um determinado público alvo. Garota de exatas que eu sou, acabo colocando no limbo marcas assim…

  6. Laís • ago 01, 2014 - 12:46

    Já percebi isso também e isso me irrita bastante. Como sou muito pequena procuro sempre o menor tamanho, mas agora até as roupas PP estão grandes em mim, muitas vezes acabo tendo que ir na sessão infantil, o que é muito chato!!!!

  7. Carol Abreu • ago 01, 2014 - 15:55

    Nossa, que engraçado Mandy! Nunca percebi isso nos EUA, muito pelo contrário, me sinto no céu quando vou praí, pq sei exatamente que é o meu tamanho, rs.. Eu sou mais gordinha, então aqui no Brasil é uma tristeza.. a riachuelo tem sido a rainha dos números loucos: comprei uma calça 46 que ficou larguinha, e uma saia 48 nem passou do quadril.. qual o sentido?
    Compra online então eu só confio nos sites gringos.. sei que o meu tamanho é 12/14, mas prefiro sempre ir no maiorzinho.. Nunca deu errado!

  8. Luciana • ago 05, 2014 - 10:30

    Eu acho que aqui no Brasil, ultimamente a Farm tem sido campeã em fazer isso!

  9. Natália • ago 06, 2014 - 11:53

    acho um saco, queria muito que as lojas respeitassem uma numeração mais padrão. acho um absurdo vestir 38/40 e ser G numa loja. na-da contra o G, mas devia ter roupa para quem é G de verdade!! fico pensando em quem é maior do que eu e não consegue achar a roupa que gosta porque as lojas querem definir quem veste dessa forma. tenho roupas de mais de um tamanho de qualquer loja que eu compre. a zara faz calças para espetos, e a farm de uns dois anos pra cá encolheu a modelagem de forma descarada…

    • Mandy e Gabi • ago 06, 2014 - 17:30

      Eu tenho roupas de todos os tamanhos que você possa imaginar! :/ Sério.. p, m, g, 4, 6, 8, 12.. todos! hahaha É muito bizarro isso!
      Realmente deveria existir um padrão de numeração..
      Beijos!
      M.

Voltar para o topo!