jun 21, 2015 | Por Mandy em Reflexão

O INVERNO CHEGOU. QUANDO ACABA O VERÃO?

O termomêtros já estão encostando nos 20 graus aqui no Rio, o que já configura um frio danado se você é carioca da gema. O que em Londres seria verão, aqui já é digno de cachecol. Relatividades à parte, a partir de hoje é inverno no Brasil, certo? Se bobear já nevou no Sul… E eu te pergunto: quando acaba o Verão?

verao-itaipava-propaganda quando acaba

Eu amo televisão. Tem até uma tag aqui chamada TV da Gabi. Não é à toa. E eu gosto das propagandas também. Algumas menos do que outras. Sendo bem específica, o comercial da Itaipava vem arruinando os intervalos há meses. Não é apenas ruim… É chata pra car%^&# caramba. Supondo que fosse uma grande sacada publicitária, lá em janeiro, hoje, em junho, já teria se tornado um pesadelo. Não tem mais nada para absorver dessa fonte. Eu cheguei ao ponto de mudar de canal para não ter que ver mais uma vez aqueles marmanjos babões a um passo da morte cerebral recitando o bordão repetitivamente durante 30 segundos. É Verão pra lá, é Verão para cá… Quando a piada fica velha?

Clique se tiver coragem ou ainda não tiver decorado. 

Aline Riscado, está de parabéns, o corpo (e rosto!) é um espetáculo, digno de admiração mesmo. Não sei mais nada sobre ela, então não tenho nada a acrescentar sobre isso. Meu problema é mesmo com a campanha. Até porque, a gente sabe que poderia ser qualquer outra mulher escultural. O casting não foi pela personalidade. A mulher ali não passa de um corpo. Belíssimo corpo rodopiante, igual a um frango de padaria na rotisserie. Aliás, acredito que se os cães pudessem falar, talvez eles também dissessem “vai frango… vem frango” para as aves no espeto também. O que me leva a questionar não só a já abordadíssima objetificação da mulher, mas também a visão que o anunciante tem do seu consumidor. Será que quem compra Itaipava é tão boçal assim? O pior é que agência responsável por esta campanha é a mesma que desenvolveu diversas ações que eu adoro, inclusive para a própria Itaipava… Triste.

homens itaipava verao propaganda

=

tico e teco

Há algumas semanas a “família tradicional brasileira” (ou pelo menos é assim que eles se autodenominam) saiu correndo para denunciar ao Conar a campanha do O Boticário de dia dos namorados onde casais do mesmo sexo se abraçavam e trocavam presentes. Afinal, seus filhos pequenos podem acabar assistindo a essas “imagens tóxicas” e é melhor tirar a propaganda do ar. Enquanto isso, há meses vemos uma pessoa semi-nua desfilando para cima e para baixo na areia sendo tratada como um pedaço de carne suculento por seres desprovidos de massa cinzenta, que ensinam às crianças que podem secar e assediar à vontade a garçonete. Por que isso não incomoda a “família tradicional brasileira”?

Aposto que esse cara ia adorar a propaganda do Verão.

Na ocasião da propaganda de O Boticário, o Conar aceitou a denúncia. Num primeiro momento eu pensei: “oi?”. Depois eu soube que faz parte do processo e que isso não significa uma condenação por parte do Conselho, mas sim que haverá uma apuração. Ao descobrir que era assim, tão fácil, fui lá e fiz minha denúncia contra a campanha do Verão da Itaipava. Se você também quiser é rapidíssimo… É só preencher um mini formulário (meia página) no site do Conar. ;)

propaganda itaipava verao ml volume garrafa lata silicone

Esta aberração já foi removida de circulação pelo Conar. Não só esta, como outra com os dizeres “20% casa. 30% comida. 50% roupa lavada.”. Felizmente, fui poupada de cruzar com tamanha bizarrice. 

Por fim, ontem eu vi pela primeira vez a propaganda do Arraiá da Itaipava, numa outra abordagem, mais ou menos. Espero que seja uma ruptura definitiva com a campanha anterior. Pelo menos a gente não tem mais que escutar o tal “vai Verão…”. De qualquer forma, gostaria que houvesse uma proposta nova por parte de quem desenvolve essas peças e que a “família tradicional brasileira” começasse a rever seus conceitos sobre o que realmente prejudica as crianças. Tartaruga já vendeu muita cerveja na minha adolescência… Não precisamos ficar nessa fórmula.

O que acham?

Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
Comentários
  1. Rafaella • jun 21, 2015 - 20:44

    Que delícia que é encontrar posts pensantes assim! Que vão além do óbvio e do fútil, que apresenta ao público um olhar crítico sobre o mundo. Achei muito bacana a iniciativa!

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:21

      Que bacana! Obrigada Rafaella!
      Fico feliz… :)
      Beijos,
      Gabi

  2. Aline Freitas • jun 21, 2015 - 22:52

    Obrigada Gabi!! É mto bom saber que não estamos sozinhos qdo pensamos que algo está errado, mas os “grandes” não se pronunciam!
    Mais um tapa na cara da sociedade!

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:20

      Obrigada Aline! <3
      Beijos,
      Gabi

  3. Val • jun 22, 2015 - 09:28

    Fiz minha denúncia! Vamos aguardar…

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:20

      \o/ \o/ \o/ <3

  4. Ana Carolina • jun 22, 2015 - 13:03

    Excelente post!

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:19

      <3 <3 <3
      Beijos,
      Gabi

  5. dai • jun 22, 2015 - 14:23

    To achando o mundo CHATO demais, as pessoas se afetam por causa de uma propaganda seja lá de qual marca for, as pessoas se sentem ofendidas até com novela que é um simples diversão, o mundo ta CHATO demais.

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:19

      Concordo que o mundo tá bem chato… A começar por algumas propagandas, rs.
      Beijos,
      Gabi

  6. May • jun 22, 2015 - 14:23

    Já compartilhei porque não poderia expressar melhor minha indignação. Tá tudo errado, gente… tudo errado…

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:16

      Obrigada! <3
      E sim... Está tudo errado...
      Beijos,
      Gabi

  7. Carol • jun 22, 2015 - 15:57

    Gabi, eu acho que outro ponto importante para ser abordado sobre esse tema é que foi-se o tempo em que só homens consumiam cerveja. Porque até hoje as propagandas ainda são para esse público, sendo que com certeza nós mulheres fazemos parte de uma grande parte do consumo desse produto?
    Não vou nem comentar sobre a objetificação da mulher porque você já disse tudo que poderia ser dito. Mas me deixa bem nervosa essa questão de: propaganda de cerveja é pra homem, de produto de limpeza é pra mulher. Até quando? O mundo já mudou, não é possível que as pessoas continuam apostando nessa fórmula do fracasso.

    Beijos

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:15

      Eu não entrei neste mérito, muito embora eu concorde, porque achei que seria um pouco ousado da minha parte acusar a agência/marca de não fazer a sua pesquisa de público. De resto, eu imagino que você esteja coberta de razão. Eu não bebo cerveja, mas aqui em casa meu namorado sabe muito mais de produto de limpeza do que eu, rs.
      Beijos,
      Gabi

  8. JO • jun 22, 2015 - 19:20

    rs rs rs.. posso ser do contra? como mulher nao me sinto ofendida com essa propaganda nao, na verdade isso pouco me afeta, melhor, nao me afeta em nada, acho que essa mulher linda de corpao e como vc falou eu tb mal sei sobre ela tb, se presta a esse papel, como milhares se prestariam, entao, se é ou nao uma sacada de propaganda, who cares? nao gosto de cerveja nem propaganda! me toca violencia, fome, maus tratos de animais, pobreza extrema, indiferença humana, enfim, isso é revoltante, e nao uma mulher gata se prestando a um papel de um objeto de consumo..bjs e so para nao ser totalmente do contra, adoro o blog!

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:13

      Oi Jo! I care… rs
      Entendo que não te afete, mas este tipo de consciência é como um botão que quando você liga, não tem mais volta.
      Eu não consigo passar ilesa pelas mensagens deste comercial. E mais do que isso, ele é um saco.
      Amo televisão e tem sido difícil assistir à programação com isso sendo transmitido intermitentemente.
      Beijos,
      Gabi

  9. Mariana • jun 22, 2015 - 19:56

    Mandou bem no post! Essa propaganda é horrível e, de fato, ficou meio esquisito o que essa família brasileira considera prejudicial para os filhos. TIPO, pode mulher objetificada mas pessoas do mesmo sexo se abraçando não? Sem comentários, né?

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:04

      A família tradicional brasileira anda meio sem critério, rs.
      Se insiste em ser “moralista” (para não dizer fundamentalista e afins) por que não diz nada sobre isso?
      Beijos,
      Gabi

  10. Renata • jun 23, 2015 - 16:52

    Perfeito! Detesto esse comercial desde janeiro, mas como não vejo TV nem sabia que ainda tava no ar. Vou denunciar sim. E ao contrário da amiga acima que fica tocada com maus tratos, insisto que é justamente esse tipo de imagem da mulher nascida para servir os homens que continua reproduzindo violência contra as mulheres ;)

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:02

      Concordo! Um padrão endossando o outro… ;)
      Beijos,
      Gabi

  11. Oriana • jun 23, 2015 - 17:42

    gabi, cada vez mais leio suas postagens e cada vez mais me impressiono. Adoro a maneira simples e direta que você fala sobre esses temas tão importantes pra gente. Sou mulher e me sinto ofendida toda vez

  12. Oriana • jun 23, 2015 - 17:43

    (cont) que vejo esse comercial. Parabéns, do fundo do meu coração, pelo blog, pela postagem, pelos argumentos, por tudo! um beijo

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:00

      Obrigada Oriana! Acho que a gente tem que começar a falar mais sobre essas coisas.
      Só assim poderemos mudar algo… Não por nós, mas pelas que não podem falar.
      Beijos,
      Gabi

  13. Val • jun 23, 2015 - 20:32

    Recebi o seguinte email da CONAR:

    Prezados(as) Srs.(as) ,
    Informamos que a queixa enviada do anúncio “CAMPANHA ITAIPAVA – VERÃO” – Rep. 044/15 – foi levada a julgamento pelo Conselho de Ética do CONAR, tendo sido deliberado por maioria de votos, o ARQUIVAMENTO da representação.
    O andamento poderá ser acompanhado dentro em breve, pelo site do CONAR (www.conar.org.br ) em Decisões e Casos (resumo das decisões).
    Atenciosamente,
    Secretaria Executiva

    Pelo que entendi que não deu em nada :/

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 01:59

      Recebi o mesmo, infelizmente!
      Mas pelo menos fizemos nossa parte… :)
      Beijos,
      Gabi

  14. Bianca Valentim • jun 24, 2015 - 13:25

    O fato é que a tal família tradicional brasileira prefere mil vezes ver seus filh”O”s assistindo mulheres de corpos esbeltos na televisão do que uma demonstração de carinho mutuo, respeito e felicidade entre pessoas do mesmo sexo. A família tradicional brasileira até prefere que suas filh”A”s sejam alvos de olhares cobiçados e sejam também rotuladas como submissas. Eu até entendo a familia tradicional brasileira, entendo mesmo. Eles estão fadados a acreditar em tradição! É né, familia TRADICIONAL brasileira!!!

    Agora o que eu não entendo é, uma mãe e um pai de família perefir que seu filho ou sua filha, que eles criaram com tanto amor e carinho, viva eternamente infeliz!!!! Gente, muitos dos casamentos hoje em dia estão sendo despedaçados devido a falta de felicidade e compatibilidade entre as pessoas. Eu imagino casos de que o homem casa com a mulher por questões sociais e no fundo do coração desse cara ele está miseravelmente INFELIZ! “Ah, mas por quê casou então?!” Por causa da bendita da Família Tradicional Brasileira ;D

    Existem casos também de a família aceitar que a filha case com um cara que durante o namoro é um amor de pessoa e depois que casa o cara é um cafageste que trai, bate e maltrata a mulher das piores formas possíveis.

    É essa a família tradicional brasileira?! Desde de quando a vida sexual, a religião de cada um virou PUBLÍCO?

    Gente, Deus deu a vida para que cada um cuidasse da sua própria! O que fulano ou cicráno faz ou deixa de fazer, não deve interessar a NINGUÉM! O fulaninho mete o bagulhete dele aonde ele quiser e a cricráninha dá a rasgada dela pra quem ela quiser! É claro que, COM PROTEÇÃO, por favor!

    Acho que as pessoas desse país está tão focada em vigiar tanto a vida das pessoas que elas esquecem da própria vida… É tanta inveja, tanta infantilidade, tanto rancor que as pessoas esquecem do real sentido que viemos pra esse mundo: SER FELIZ!

    Então meu povo, espalhe a felicidade, espalhe a alegria, espalhe a compaixão, espalhe a igualdade social, o respeito… E também, não menos importante, a consideração.

    Apesar de sabermos que a inveja e todas as coisas de ruim corroem as pessoas, não adianta… o bem SEMPRE vence no final :D

    Um beijo a todas e adorei o post! Tchau tchau

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 01:57

      Concordo com tudo! As prioridades estão erradas.
      Tradição nem sempre é a melhor escolha, não é mesmo?
      Beijos,
      Gabi

  15. Leticia • jun 24, 2015 - 17:07

    Adorei o texto Gaby! Esse comercial é péssimo, tenho vergonha e me sinto MTO ofendida. Principalmente por ser garçonete. É nojento a maneira que eles viram a cabeça, ou fazem piadinhas internas DIARIAMENTE. Um bando de bêbados porcos, arrepia…
    Não vamos deixar barato, vamos fazer barulho sempre que uma ação de mal gosto for vinculada. #maisrespeito

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 01:57

      Só imagino o que você não passa… Viu o vídeo da russa? rs
      Me senti vingada por ela, sendo que nunca trabalhei com isso!
      Beijos,
      Gabi

  16. Ana Paula • jun 26, 2015 - 08:34

    Que post maravilhoso! Tive que deixar meu comentário de profunda satisfação. Adoro posts de resenha, looks e tal… mas as pessoas precisão também de posts como temas polêmicos, posts que levem as pessoas a pensar, e ,a meu ver, se as pessoas não se sentem incomodadas com esse comercial da Itaipava é pq elas não possuem um pingo de senso crítico, o que eu não julgo pois com a educação que é oferecida as pessoas o país consegue o que ele deseja ou seja pessoas passíveis e obedientes. Novamente o meu muito obrigada a vocês por esse belíssimo post!!!

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 01:51

      Eu que agradeço Ana!
      Comentários assim são muito bons de receber! <3
      Beijos,
      Gabi

  17. […] eu vim aqui falar sobre a massante propaganda/tentativa de lavagem cerebral do “Verão“. Me deparar com esta campanha tão pouco tempo depois é um alívio. Espero que a Bud venda […]

  18. Leticia • jul 28, 2015 - 18:22

    Ql vídeo da russa, Gáb? Não vi…

Voltar para o topo!