jun 03, 2015 | Por Mandy em Destaques, Reflexão

DESCULPA, HOMOSSEXUALIDADE NÃO É OPINIÃO

Não sei nem porque peço desculpas, talvez em sinal de paz ilusório, porque eu vim aqui comprar briga. Sim, esse post é sobre o vídeo de O Boticário… E não é. O Boti é um parceiro nosso de longa data e senti um orgulho imenso de ter visto esta propaganda de Dia dos Namorados na televisão:

Amor, nada mais e nada demais. Puro, simples e até discreto. Mas esse post não é sobre essa propaganda, é sobre mais uma reação infeliz da bancada do preconceito. Aparentemente, há uma comoção de um certo grupo que se declara religioso para desmoralizar o vídeo e marca. A ação da facção propõe boicote à marca, dislikes em peso no Youtube, queixas no Facebook e até no Reclame Aqui! Oi?

britney wtf gif
As pessoas estão soltando a verborréia e se declarando contra o vídeo – que, vamos combinar, é totalmente inocente – alguns até com os argumentos mais estapafúrdios imagináveis. Grosso modo, a maioria é bem pragmática: diz que que não gostou mesmo e “não concorda com a homossexualidade. Eu queria entender como faz para discordar da homossexualidade. Como se discorda de um fato? Discordar disso seria o mesmo que discordar do Monte Everest. Você pode até desejar que não exista, mas a montanha está aí. Não é uma questão de ponto de vista.

you-think-homosexuality

OPINIÃO. Palavrinha perigosa. Vem sendo usada de escudo para dizer qualquer coisa, acompanhada da tal “liberdade de expressão”. Mas nem tudo nessa vida é questão de opinião, entende? Homossexualidade existe. Não é questão de opinião. Está provado pela ciência. Existe até no mundo animal, o que prova que não é cultural como pode parecer, através de influência da Globo ou da Lady Gaga ou de O Boticário. Lamento (?), mas se o seu o seu filho ou filha nasceu hétero ou gay, não há muito que a televisão possa fazer para mudar isso. Homossexualidade é biologia, como o gênero feminino e masculino, como  como o olho verde (apesar de não ter a mesma origem). Olho verde é uma minoria, mas eu não vejo ninguém discriminando pessoas de olhos verdes por aí. Aliás, existem muito mais gays no mundo do que pessoas de olho verde. Se você define o “normal” por amostragem, vale repensar.

Eu não estou qualificada para falar muito, mas esse cara está.

Você pode tentar me dizer que não gosta e pronto. Veja bem, eu não gosto de muitas coisas da natureza, como comer e engordar, por exemplo. Odeio mesmo. Ter que ficar indo fazer xixi eu também acho um inconveniente. Seria bem melhor se tudo evaporasse. Mas essas são coisas que me afetam diretamente, eu diria. Eu tenho que regular o chocolate, ficar levantando e tal… Agora, no que a homossexualidade alheia te afeta exatamente? Não vejo. Você não tem nem que levantar! Olhá só.

The Ginger Pride Walk In Edinburgh

Houve um período em que ruivos eram mortos por serem ruivos. Hoje rimos daquelas pessoas por acreditar em bobagens desse porte, enquanto babamos no cabelo da Marina. Cuidado, um dia todos vão rir de você (metade já ri agora).

Por fim, se a gente for entrar no argumento religioso, ninguém nomeou ninguém “porta-voz celeste” para falar em nome de Deus. [Papa Francisco, você por aqui?]. Só o cara lá de cima pode julgar. Pessoalmente, se Deus é como eu acredito, repreendido será um marido violento, um político corrupto, uma mãe ou pai cruel, quem maltrata animais, um estuprador, uma assassina, um explorador de criancinhas… E eventualmente até os hipócritas. ;) O Deus que eu creio não vai punir um homem ou mulher apenas por amar, sem fazer mal a ninguém.

Eu me estenderia mais, mas como não sou homossexual (tampouco pesquisadora, antropóloga ou teóloga), acho que estaria invadindo alguns territórios. Falo apenas como cidadã racional. Não tenho muita esperança de que vou persuadir alguém, mas a gente tem que tentar, né? Espero que em breve uma propaganda dessas seja algo banal

Até lá, recomendo esse post maravilhoso do Morri de Sunga Branca e esse do Sensacionalista.

Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
Comentários
  1. Karine • jun 03, 2015 - 20:23

    Sabe oque acho pior? o comercial não mostra ninguem se beijando na boca. Mostra somente pessoas do mesmo sexo dando um braço de Oi. Eu abraço minhas amigas e amigos, e não é por causa disso que sou taxada de homossexual.
    Se o comercial fosse feito na epoca do dia do amigo, por exemplo, nada disse estaria acontecendo. Pq a maldade esta na cabeça da pessoa.

    To ficando de saco cheio desse mundo “puro”. Vamos ser feliz poxa, e deixar os outros serem felizes tbm!
    Prefiro uma bixa, bem bixa do que um homem bixa “embutida” fazendo infeliz uma mulher, um casamento ou uma família!

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 18:02

      Hahahahaha… Pois é.
      Eu queria entender onde eles querem “colocar” todos os gays do mundo.
      É para fingir?
      Amanhã estão num casamento infeliz e não entendem o que fizeram de errado, rs.
      Beijos,
      Gabi

  2. Juliana • jun 03, 2015 - 20:36

    Muito boa a sua colocação, Gabi! Só queria deixar um adendo/correção: “gênero” é hoje visto como uma construção social e a discussão é longa – imagino que tenha querido se referir às categorias “homem” e “mulher” como consequência do XY/XX que são “sexo”.

    De qualquer forma, quer ver uma coisa biológica que ninguém sairia por aí falando que é questão de opinião? Cor da pele. Alguém teria a coragem de perguntar para um negro “Mas você já não tentou ser branco? Deixa eu te apresentar a palavra de Jesus que você vai ser salvo e ficar branco!”. Parece esdrúxulo porque é, né?

    Beijinho!

    PS: Também odeio fazer xixi, ô coisa inconveniente!

  3. Indira • jun 03, 2015 - 20:43

    Adorei!!! Expressa bem o que penso. Mas me deu até preguiça de rebater essa indignação sem fundamento dessa gente de mente pequena. Me cansa. Tem tanta coisa para se preocupar, para melhorar, mas preferem sempre apontar e se meter na vida alheia e do que não lhe diz respeito. Enfim… que sejamos todos felizes do jeito que somos e com quem amamos. Dane-se o resto.

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:55

      Concordo!
      Beijos,
      Gabi

  4. gil • jun 03, 2015 - 21:05

    oi gabi, acredita q eu ainda nao tinha visto esse comercial da boticario, aiiii foi o que gritei de orgulho quando vi, nossa.. eu nao espero nao da publicidade q esta cada vez mais ‘vamos vender’ quero ser surpreendida, ficar de queixo caído haha s2 mas falando do objetivo central desse post, aiiii foi de felicidade por saber q o amor é visto como algo normal independente do sexo, as pessoas tem q se sentir felizes e realizadas e ninguem pode se sentir no direito de julgar, sou de um lugar no interior de pernambuco q nem quem é gay se aceita gabi, as pessoas tem medo de entregar por causa da rejeiçao, eu iria preferir me sentir livre e meio infeliz do q feliz e aprisionada, nao da para fingir o q nao é <3
    gabi, me visite também:
    http://www.gilvaniaevans.com

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:55

      Isso aí Gil!!! Temos que ser verdadeiros… E os outros têm que aceitar. ;)
      Beijos,
      Gabi

  5. Ana Luisa • jun 03, 2015 - 21:19

    Gabi vc é demais! Já falei uma vez essa semana, mas um post desse tem que ser aplaudido de pé! Racional e simples, direto bem fácil de entender pra essas pessoas que adoram dizer “não sou preconceituoso nem homofóbico, MAS (insira aqui uma ofensa)”! Gente ignorante e burra! Adorei a parte do metade já ri haha beijos e parabéns de novo

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:54

      Hahahaha… Obrigada Ana Luisa! <3
      Também não aguento quem fala "não sou homofóbico, mas".
      Isso é ser preconceituoso por definição, rs.
      Beijos,
      Gabi

  6. Adriane • jun 03, 2015 - 21:57

    Gabi, adoro você! Sempre me identifico com sua opinião!
    Realmente, não consigo entender essas pessoas que se incomodam com a opção sexual, parceiro, cor, crenças de pessoas que nem conhecem. Aceita que dói menos! Com tantas coisas terríveis acontecendo, se preocupam logo com o amor!

    Ah, deixa te contar que fico super feliz quando você me responde no instagram e por aqui! :)
    beijos e sucesso!

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:52

      Oi Adriane!
      Obrigada!!! Adorei…
      Às vezes eu demoro um bocado, mas tento responder a todas as perguntas, rs.
      Mas eu leio tudo! <3
      Beijos,
      Gabi

  7. Carolina Dubeux • jun 03, 2015 - 22:39

    Adorei seu post. Perfeito. Parabéns!

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:50

      Obrigada! <3 :*

  8. Lethicia Silva • jun 03, 2015 - 23:46

    Amei o post! Pena que isso ainda tenha que ser dito… Espero que logo a gente consiga superar tudo isso.
    Mais uma vez, parabéns pelo posicionamento, acho super importante esse tipo de post! Vocês arrasam! <3

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:49

      Obrigada Lethicia! Também espero! <3
      Beijos,
      Gabi

  9. Bruna • jun 04, 2015 - 05:12

    Texto coerente. Sou evangélica e o que mais impressiona é que, no meio disso tudo, muita gente acaba colocando todos os cristãos nesse “bolo doido”. Acreditamos na Bíblia, mas temos plena consciência de que as pessoas são livres para fazerem as escolhas que quiserem e, que o fazendo, sejam coerentes. Porém, discordo de você num ponto: homossexualismo não é biológico. Não existe um cromossomo que determine o homossexualismo, como existe para cor dos olhos, pele etc. Não é hereditário, logo, não é transmitido geneticamente. Já que estamos falando de ciência, ela não nunca afirmou isso. Ao contrário. O fato de ocorrer entre animais também não prova que é biológico. Os animais possuem práticas coletivas, assim como os seres humanos. O homossexualismo é tão comportamental quanto o hetero. No mais, a propaganda apenas retrata todos os tipos de casais que existem por aí. Todo mundo merece um perfume, rs.

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:48

      Oi Bruna!
      Não é hereditário, mas é genético. E vem “de fábrica”, como o olho verde que dei de exemplo. Dá uma olhada no vídeo que está no post.
      Nele o biólogo geneticista explica bem… Eu não estou habilitada, rs.
      E longe de mim colocar todos os religiosos, ou mesmo os cristãos no mesmo bolo. Até porque, eu também sou uma pessoa de fé.
      Preconceito é ruim em ambos os lados da moeda.
      Beijos,
      Gabi

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:44

      Oi Bruna!
      Vou dar uma lida, mas acho que este artigo é de 2001, não?
      Já deve ter expirado, rs.
      Beijos,
      Gabi

  10. Priscila • jun 04, 2015 - 09:30

    Excelente post! Moro no ABC paulista e, no último final de semana, mais um demonstrativo absurdo de intolerância aconteceu. Um jovem, comemorando seu aniversário, foi atravessar a rua abraçado a um amigo. Um caminhoneiro, após proferir ofensas das mais homofóbicas, simplesmente deu ré e matou o rapaz! Como assim? Simplesmente chocada…

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:42

      Mentiraaaa?! Nem fiquei sabendo disso! Que absurdo? Ele está na cadeia ao menos? Fiquei perplexa!
      Imbecil… Assassino.

  11. Ana Carolina • jun 04, 2015 - 10:40

    Onde assino embaixo? É tanto falso moralismo e mente fechada que chega a dar tristeza. Acho que o que falta para esse povo é justamente o que a propaganda mostra: amor!!

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:41

      Amor e empatia… Um montão!
      Beijos,
      Gabi

  12. Ana Clara • jun 04, 2015 - 14:51

    Filha, acho sim que a propaganda foi de muito mal gosto. Respeitar os homossexuais? E os valores cristãos que regeu a humanidade até hoje, não são respeitados? Achei uma pena essa seu post. Post esse de uma mente totalmente treinada pela mídia e não pelos reais valores que nos deixou aqui Cristo. Você foi infantil e imatura em está comprando briga a favor dos homossexuais e seja lá o que for dentro de seu blog.

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:40

      Parei em “regeu a humanidade”. Cristãos não são nem a totalidade do planeta. São tipo 30%… Então vamos com calma.
      Veja só, cada um tem seus valores e você só pode exercer os seus porque somos todos livres para tal.
      Se você não gosta de gays, não namore uma mulher. Essas são as barreiras do seu direito, ok? Qualquer coisa além disso esbarra no direito do próximo.
      Beijos,
      Gabi

  13. Nanda • jun 04, 2015 - 20:30

    Ana Clara,
    Só desejo muito amor pra você. Assim como desejo pra todas as pessoas.

  14. Nanda • jun 04, 2015 - 20:33

    Gabi! Post muito bom! Mais amor, gente! Beijos

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:14

      Simples assim! <3

  15. Ana Clara • jun 04, 2015 - 21:06

    Obrigada, Nanda! Agradeço o desejo e o aceito de coração esse desejo de amar mais, desde que, este amor seja ordenado, dentro dos planos que Deus fez para mim e para você. Não esse amor desordenado, construído em sua mente pelo emaranhado confusões Formado pela ditadura do relativismo. O certo não é fácil de discernir, fácil e operar. Não me veja como alguém intolerante, por amar verdadeiramente. Acolho a todos, com amor, mas, os seus erros que lhe deformam, por, amor, não posso acolher. Paz e bem.

  16. Juliana • jun 04, 2015 - 21:12

    Moça, “acolho a todos” e “não posso acolher” não são exatamente compatíveis, né? Amar o próximo como a ti mesma é desordenado? Não atirar a pedra é ditatura do relativismo? Porque é com esse Jesus que eu fecho. Não fecho com esse Jesus que faz as pessoas não RESPEITAREM os outros.
    Homossexuais, transsexuais e outras tantas minorias de gênero e de orientação sexual não querem o amor de ninguém a não ser das pessoas que eles escolhem – do público, do qual você faz parte – eles só querem respeito, que é o MÍNIMO NECESSÁRIO. Se você não está disposta a dar esse mínimo necessário, moça você é homofóbica, desrespeitosa e retrógrada pra dedéu. Volta pra Galileia pra andar com os fariseus que eles com certeza iam curtir essa intolerância toda.
    De resto, fica pra Gabi – assim como pra Nanda e pra todas as outras – um beijo grande.

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:13

      Outro beijo Juliana! :****** G.

  17. Elisa • jun 04, 2015 - 23:10

    Oi Ana Clara, só para que tu saiba, desde antes de Cristo existem práticas homossexuais no mundo. A homossexualidade, de maneira alguma, é resultado da contemporaneidade. Na Roma antiga, local/período onde a Bíblia foi criada, as relações sexuais entre homens eram aceitas socialmente e só depois da consolidação da Igreja Católica que as práticas homossexuais passaram a ser condenadas. E isso aconteceu 300 anos depois da figura intitulada “Jesus Cristo” ter vivido. Não adianta seguir a Bíblia e não estudar história. Sabia que a Bíblia diz que tu podes açoitar teu filho caso ele te desobedeça? Engraçado, pois esse tipo de coisa não segue regendo o comportamento dos cristãos, por que outras questões não podem ser ultrapassadas? E não me venha dizer que é’biologicamente’ errado, pois em termos biológicos, o sexo serve apenas para procriação. Vai me dizer que as pessoas só transam quando querem ter filhos? Se fosse por isso, mulheres grávidas não transariam.
    É muito fácil utilizar um discurso pronto, como o da religião, para criticar algo. Difícil é refletir sobre a hipocrisia refletida nesses discursos.
    Você pode não ser homossexual, pode não ter práticas sexuais consideradas biologicamente incoerentes (nesse caso entram a masturbação, sexo oral, anal e, inclusive, toda e qualquer relação que não seja para gerar uma criança), mas isso não lhe dá o direito de interferir na decisão dos outros. Pensa nisso.
    Gabi, sigo amando cada vez mais o blog por mostrar diversidade, respeito, tolerância… Beijos

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:13

      Palmas para você Elisa!
      Obrigada!
      Beijos,
      Gabi

  18. Keilla • jun 05, 2015 - 14:58

    Triste saber que existem pessoas que acham que a internet é uma grande privada onde elas podem despejar pelos dedos toda a merda que tem na cabeça delas.

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:11

      Hahahahahaha… Pois é! :P

  19. Daianne Possoly • jun 05, 2015 - 17:17

    Vontade de ficar em pé em frente ao computador e aplaudir esse texto MARAVILHOSO! Adoro o posicionamento de vocês duas. Gabi, amoooo quando vc faz esse tipo de texto (utilidade pública, vai!).

    Beijos.

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:10

      Obrigada Daiannne! <3
      Fiquei feliz!
      Beijos,
      Gabi

  20. Letícia de Paula • jun 05, 2015 - 20:12

    Gabi, texto bem coerente. Sou católica e não vi nada demais no vídeo. É como vc disse, a homossexualidade é um fato. Só atento para uma coisa: cuidado quando falar dos representantes das religiões. Me senti desconfortável com seu comentário ao Papa Francisco, um tanto quanto debochado até. É aquela coisa, os homossexuais querem respeito, os cristãos também.

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:09

      Imagina! É justamente o contrário… O que eu quis dizer é que ninguém aqui é o Papa ou o Dalai Lama, ou outra autoridade religiosa para falar em nome de Deus. Só isso. ;) Se eu falar mal do Papa minha avó me mata, rs.
      Beijos,
      Gabi

  21. Fly • jun 08, 2015 - 09:47

    Estava no aeroporto falando sobre essa polêmica quando futricando o modait vi este post. Quando li para meu marido, chegamos a conclusão que FAZIA TEMPOS QUE NÃO VIA ALGUÉM ESCREVER TÃO BEM E COM TÃO BOAS PALAVRAS SOBRE O ASSUNTO AINDA MAIS SOBRE CONCORDAR E DISCORDAR que é uma coisa que sempre falamos sobre, pois hoje em dia as pessoas simplesmente falam que concor5dam ou discordam e não tem argumentos para expressar um opinião. Nós podemos ter uma opinião sem colocar o ‘concordar ou discordar’ antes ainda mais onde não cabe essas palavrinhas!!!

    Parabéns meninas, você abordaram corretíssimo a ‘polêmica’ do comercial e com belíssimas palavras!!!

    • Mandy e Gabi • jun 08, 2015 - 17:06

      Obrigada Flávia! Adorei a anedota! rs
      Fiquei feliz com o feedback <3
      Volte mais vezes!!
      Beijos,
      Gabi

  22. Deisy • jun 09, 2015 - 08:54

    Parabéns pelo texto!!
    =*

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 04:13

      Obrigada!!
      Beijos,
      Gabi

  23. Marcela Machado • jun 09, 2015 - 11:14

    Concordo plenamente com o seu texto. Defendi muito quando o Boticário colocou essa propaganda na TV. Cada um tem o direito de gostar de quem quiser, mas esse direito não pode ser usado como arma para ferir aqueles que discordaram deles. No último movimento de apoio ao homossexualismo o que vimos, são pessoas usando da “liberdade de expressão” para ofender e humilhar o cristianismo. É engraçado como as pessoas em geral gostam de sentar no rabo para falar mal dos outros. Respeito é a palavra chave, e tem que partir de ambos os lados. Não adianta nada responder com críticas quando se é criticado, isso só nos faz mais baixos.

  24. Letícia de Paula • jun 09, 2015 - 12:46

    Oi Gabi, obrigada por responder. Realmente tinha entendido de outra forma; que bom que me equivoquei então! Um beijo, Letícia.

  25. Mariana Tomazelli • jun 09, 2015 - 22:45

    Amei o texto e a melhor explicação !!!! Bjo

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 04:06

      Que bom Mariana! :)
      Beijos,
      Gabi

  26. Mariana • jun 10, 2015 - 11:48

    Gabi, eu adoro a precisão dos seus argumentos. Seus texto claro, objetivo e pontual. Vontade de ser tua amiga e debater contigo. rsrsrs Alok.
    Beijos, vc arrasa!

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 04:01

      Hahahahahaha… Vamos debater! Vou adorar! :)
      Obrigada!
      Beijos,
      Gabi

  27. Ana Zilio • jun 11, 2015 - 23:45

    Sofrer preconceito por ser ruiva é algo que sentia muito quando era pequena, a única ruiva da sala de aula, e às vezes do colégio, sempre a referência, a apontada, mas poucas vezes foi pejorativo pelo cabelo, principalmente quando vai crescendo. Mas pela pele branca é um problema até hoje. As pessoas não entendem que não sou branca por que quero, é porque não bronzeia mesmo. E eu nem acho que combine, então eu prefiro me manter assim, mas é horrível viver em um país subtropical onde a cada quadra algum idiota que nunca vi na vida me chama de branquela ou me manda ir pra praia. Por isso amo inverno, e como aqui no Sul é frio, com mil roupas só fica o nariz de fora.

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 03:42

      Já eu acho pele bem branca linda!
      Eu não tomo nenhum sol pra ficar bem branca.
      Mas eu sou branca falsificada… Bate um sol eu fico morena, rs.
      Beijos,
      Gabi

  28. Bruna Louise • jun 19, 2015 - 16:39

    Obrigada pelo post (lésbica leitora assídua aqui!)! =)

    • Mandy e Gabi • jun 28, 2015 - 02:22

      Eu que agradeço a audiência! <3 <3 <3
      Volte sempre!
      Beijos,
      Gabi

  29. […] (ou pelo menos é assim que eles se autodenominam) saiu correndo para denunciar ao Conar a campanha do O Boticário de dia dos namorados onde casais do mesmo sexo se abraçavam e trocavam presentes. Afinal, seus […]

Voltar para o topo!