maio 11, 2016 | Por Mandy em Beauté, Cabelos, News

NOVA LINHA PRO FIBER DE L’ORÉAL PROFESSIONNEL

Há alguns dias estive no espaço de Fernando Torquatto no Rio, o FT Studio, para conhecer um lançamento bem interessante de L’Oréal Professionnel. A novidade é a linha Pro Fiber, resultado de nada menos do que 15 anos de estudos. Acho que o empenho rendeu bons frutos…

Eva Green - ProFiber

Eva Green, musa da campanha.

A linha é uma nova opção de serviço em salão, que permite uma ação prolongada, com um tratamento complementar para fazer em casa. Nesse caso é ainda mais importante fazer uma aplicação no salão, com o acompanhamento de um profissional, já que é ele quem vai saber determinar com precisão o grau de estrago de cada cabelo. São 3 opções de produtos, com intensidades diferentes, dependendo do quão danificado está o fio.

Processed with VSCO with f2 preset

As três versões do Pro Fiber são: a Rectify (vermelho) para cabelos pouco danificados, a Restore (azul) para fios danificados e a Reconstruct (roxo) para cabelos muito danificados. Eu fiz o diagnóstico no FT Studio e o mais indicado para mim foi o vermelho mesmo, já que eu não tenho nenhuma intervenção, como química ou tintura, entre outros fatores. A mágica desta linha está no complexo molecular APTYL 100, que contêm Aminosilane (que reconstrói o córtex em profundidade) e um polímero catiônico que protege a superfície do fio. A combinação destes dois elementos é o que permite um cuidado de longa duração.

Processed with VSCO with f2 preset

Fiz o tratamento com o produto do salão, em poucos minutos. Acredito que foram 5 minutos com o produto em si e o resto foi só lavar e secar. Melhor assim, já que hoje em dia tudo tem que ser bem rapidinho mesmo. Completei o ritual e trouxe para casa a linha para uso doméstico. Há uma espécie de cronograma capilar para o Pro Fiber…

Screen Shot 2016-05-11 at 1.57.41 AM

Depois do tratamento de salão, lavar normalmente com o shampoo próprio (R$97,00) e usar a máscara (R$168,00) ou o leave-in (R$121,00), como preferir. Lembrando que cada leave-in tem uma textura diferente, dependendo da versão. A cada quatro lavagens, você abre uma ampola Re-Charge (R$210,00 com 6 unidades), que reativa o Aptyl 100 do tratamento com o profissional. Fazendo isso, os efeitos conseguem durar por 6 semanas.

Processed with VSCO with f2 preset

Peguei uma foto não-relacionada apenas para ilustrar como está meu cabelo hoje, uns 15 dias depois. Acredito que esse tipo de tratamento é indicado para quem tem um cabelo mais danificado que o meu (eu não faço nada mesmo, nem secador). Ainda assim, tenho que reconhecer que ele devolveu o brilho da adolescência ao meu cabelo. Ficou mais macio também, mas acho que o brilho foi gritante. E olha que eu nem lembro o último corte de cabelo que eu fiz… Tem mais de ano (desesperador)!

A única ressalva que eu teria é que ele pode pesar um pouco nos fios se errar na dose. Além disso, tem o cheiro, que é uma delícia, mas que me enjoou rápido. Meu olfato é chatinho, admito… Eu segui o cronograma sugerido quase à risca. Vale dizer que as ampolas rendem muito e eu estou dividindo cada uma delas. Nem sei se poderia, mas acho que vem bastante produto… Parece ter dado certo e ainda dilui o custo, rs. Mas eu conversaria com um especialista primeiro sobre este parte.

Já conheceram?

Beijos,
Gabi

Comentários
  1. Dani • maio 12, 2016 - 14:19

    Seu cabelo cresceu muito rapido!! Está lindo!!!!!

    • Mandy e Gabi • jun 14, 2016 - 01:12

      Muito rápido! Já cortei! rs
      Beijos,
      Gabi

  2. Florence Wozniak • maio 18, 2016 - 01:43

    Eu vi no snapchat você falando disso :D
    Só achei caro por esse motivo: “Fazendo isso, os efeitos conseguem durar por 6 semanas.”
    Ou me enganei e tem efeito progressivo, realmente atuando na reconstrução do cabelo? A impressão que tive é que é como uma maquiagem, que sai com o tempo e depois o cabelo volta ao normal (todo ruim). Mas posso ter entendido mal.

    • Mandy e Gabi • jun 14, 2016 - 01:08

      Fazendo tudo direito, dura por 6 semanas, porque você consegue reativar a substância com os produtos caseiros. ;)
      Beijos,
      Gabi

Voltar para o topo!