O QUE NÓS REALMENTE QUEREMOS E O PRIMEIRO CONTATO COM O FEMINISMO

Sobre feminismo, empoderamento, Spice Girls, Wannabe e o que nós realmente queremos!

by 

Se você tem Facebook, a probabilidade de não ter visto este vídeo abaixo é muito pequena. Acho que foi uma das publicações mais compartilhadas na minha timeline nos últimos meses – e com razão!

girls-progress-wannabe-spice-girls-campanha-onu-feminismo-direitos-iguais-empoderamento

A campanha, que reivindica a igualdade de gênero, é uma iniciativa do projeto “The Global Goals” da ONU, que está ligado ao Global Citizen – já falei aqui. A ideia é pressionar os governantes a cumprir um acordo assinado em 2015 e que promete acabar com a pobreza, a mudança climática e as desigualdades sociais colocando meninas e mulheres como prioridade.

O clipe é feito por um grupo multicultural de mulheres da Nigéria, Canadá, Índia e Reino Unido e ainda faz a seguinte pergunta: “O que você realmente quer?”. A ideia é usar a hashtag #WhatIReallyReallyWant – fazendo referência ao refrão da música – para que mulheres compartilhem fotos nas redes sociais. As fotos serão transmitidas para os representantes de diversos países na ONU em Setembro, quando acontece o festival Global Citizen, em NY.

E aí que, ao escutar essa música hoje, eu percebo que o meu primeiro contato com o feminismo foi com as Spice Girls, lá nos meus 10 anos de idade (!!!). E é bem provável que tenha sido o seu também! Acho que nunca tinha parado para pensar em quantas mensagens legais elas transmitiam para garotas de todo o mundo.

girls-progress-wannabe-spice-girls-campanha-onu-feminismo-direitos-iguais-empoderamento

Girl Power. Ouvimos esse termo tantas vezes com elas, né?! Era o lema do quinteto. Na época sabia que era algo poderoso, mas não tinha ideia sobre sua grandiosidade e o que significava de fato. Mas, de alguma forma, essa força foi muito importante, mesmo que inconscientemente, para as meninas que escutavam suas músicas na adolescência.

Mesmo com todas as tretas que rolam nos bastidores do mundo da música, a imagem da sororidade e empatia entre elas estava sempre presente. Elas incentivavam a importância de ter amigas por perto e de apoiarmos umas às outras. Elas empoderaram muitas meninas. Incentivaram a quebrar estereótipos e mostraram que cada uma de nós pode ser e fazer o que quiser.

girls-progress-wannabe-spice-girls-campanha-onu-feminismo-direitos-iguais-empoderamento

Cinco meninas e cinco estilos diferentes. As Spice mais uma vez mostrando que ninguém precisa ser igual a ninguém ou seguir algum padrão. Ok que isso fazia parte do marketing da banda, mas não é o máximo mostrar, lá nos anos 90, que não existe problema nenhum em ser mais esportiva e gostar de futebol?! Ou usar roupas curtas, ser mais espivitada e não ser julgada por isso?! Ou então ser mais tímida e não querer estar o tempo todo sorrindo?!

Enfim, fico feliz que “Wannabe” tenha sido resgatada como hino feminista 20 anos depois pra falar de questões tão importantes e tão atuais. Será que rola uma reunion no Global Citizen em Setembro?! Não descartaria não, hein…

girls-progress-wannabe-spice-girls-campanha-onu-feminismo-direitos-iguais-empoderamento

Beijos,
Mandy

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.