jul 11, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: JAPA B, RODÍZIO DE JAPONÊS

Eu sei que a meu último post do Rio também foi um restaurante japonês, mas eu prometo que a dica é diferente e útil. Meu namorado é louco por japonês e ele gosta de comer muito. Por isso, acabamos sempre indo a rodízios, ainda que eu peça à la carte. Acontece que os rodízios de sushi e afins da cidade se tornaram proibitivos e acabamos ficando sem ânimo para voltar aos lugares que costumávamos ir. Isso até que descobrimos há umas 2 semanas o Japa B, do chef Nao Hara:

japa b rio de janeiro jardim botanico restaurante japones 3

O Japa B, no Jardim Botânico (por isso o trocadilho), fica no antigo Caroline Café, na J.J. Seabra. Antes de se chamar Japa B, já foi Seidô e mudou há pouco tempo e agora conta com rodízio também, que custa R$74,00 nos fins de semana e um pouco mais barato durante a semana. Não sei se o lugar é uma unânimidade, mas nós saímos bem satisfeitos da nossa primeira experiência:

japa b rio de janeiro jardim botanico restaurante japones

Esse foi o mix que pedimos no rodízio. Além dos sushis, sashimis e rolls clássicos, rolam também alguns sabores diferentes, como o tartare crunch, com bolinhas crocantes de arroz. Outro que eu adorei foi o ceviche com molho thai. É um pouquinho picante, mas uma delícia! Tem ainda os harumakis e outros quentes habituais da folhinha de pedidos.

japa b rio de janeiro jardim botanico restaurante japones 2

Achamos o atendimento um dos pontos altos do Japa B. Todos foram muito atenciosos e nos ofereceram até algumas coisinhas legais para provar fora do rodízio. Com certeza vamos voltar em breve. Talvez hoje… Toda vez que escrevo esses posts eu fico com uma vontade! Acho que tem delivery também. Uma boa opção para quem mora nas redondezas. Só não sei se o preço do à la carte compensa, porque o rodízio vale muito à pena.

UPDATE :: Uma das leitoras (obrigada Dani!) nos informou nos comentários abaixo que com a mudança de nome do restaurante não são mais aceitos cupons do guia Eat In Rio. Isso não foi muito bem sinalizado aos clientes e gerou um problema para quem usava o cupom do Seidô. Fiquem alertas quanto a isso. ;)

Japa B (antigo Seidô)
Rua JJ Seabra n.10, Jardim Botânico
21 2530-0675 / 2530-0780

Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
jun 27, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: JAPONÊS DO NAGA

Eu não costumo ir muito à Barra, o que é uma pena, porque a oferta gastronômica por lá não é nada mal. Felizmente, às vezes o trabalho me faz ir até lá e acabo aproveitando a oportunidade para fazer algumas refeições na região, rs. Esta semana voltei ao Naga, restaurante do grupo Nagayama de São Paulo, que abriu as portas no Village Mall há dois anos. Eu sei que restaurantes de shopping nem sempre são muito agradáveis, mas não é o caso aqui:

Screen Shot 2015-06-27 at 3.14.47 PM

O ambiente é uma delícia, amplo, minimalista e com direito a varanda. Já participei de um evento na parte externa e foi maravilhoso. Neste balcão, ainda dá para acompanhar a preparação do seu suhi. Me lembra os velhos tempos de Tanaka, onde eu comia sushi do balcão desde pimpolha. A proposta do Naga é um pouco diferente do que nós cariocas que costumamos comer rodízio de sushi estamos acostumados. A idéia aqui é degustar. Pessoalmente, já faz um tempo que busco um pouco mais de variedade do que o rodízio oferece, então considero opções como o Naga um sopro de ar fresco. Infelizmente, um lugar que só poderei ir com minhas amigas… Meu namorado nem entra num lugar onde ele não possa comer muito, rs.

starving rio tips dicas do rio de janeiro restaurante naga nagayama sushi japones barra 3

Acho que meu namorido comeria este combinado sozinho, rs. 

Falando em amigas, estive lá esta semana com a do F-utilidades e a Thê do Fashionismo, que sabe tudo de Naga e comanda os pedidos da mesa, rs. Ainda bem que todas amam Edamame como eu! Escolhemos para abrir os trabalhos:

starving rio tips dicas do rio de janeiro restaurante naga nagayama sushi japones barra 4

Ainda não encontrei um Edamame tão bom quanto o do Zuma de Londres, mas este é ótimo, sem adição de gorduras (eu acho que estraga quando botam manteiga e afins) e com uma flor de sal de topping. Melhor preparo, na minha humilde opinião.

starving rio tips dicas do rio de janeiro restaurante naga nagayama sushi japones barra 2

starving rio tips dicas do rio de janeiro restaurante naga nagayama sushi japones barra 1

Alguns dos nosssos pedidos esta semana: batera de salmão, feito com crispies crocantes e flor de sal e carpaccio de salmão com limão siciliano e azeite trufado. Ambos divinos. Em retrospecto, acho que desta vez não saímos muito desse peixe, rs. Mas o Naga tem uma variedade enorme de ingredientes, incluindo sushi de lula, de hadoque (preciso provar isso), centolla e sashimi de vieiras, entre outros.

Já o melhor do dia foi o sushi especial feito da barriga do salmão, selado com maçarico e com azeite trufado. É algo de outro mundo! Fazia tempo que não comia algo tão bom e surpreendente. Adorei!

Se o Naga fosse mais perto (e um pouco mais barato) seria uma ameaça enorme aos demais restaurantes japoneses da Zona Sul do Rio, rs. De resto, vou até procurar uma alternativa para hoje à noite porque bateu uma vontade fazendo esse post…

Gostaram?!

Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
jun 20, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#StarvingRioTips :: BRIGADEIROS DO TUITER!

banner-rio

A dica do Rio de hoje é mais do que especial. Além de ser do melhor brigadeiro da cidade (mesmo!) ainda celebra o sonho de uma amiga nossa, a Paloma, que abriu há uma semana a brigaderia mais fofa de todas, em Botafogo. Olha o perigo… ainda fica perto de casa! rs…

brigadeiros-do-tuiter-botafogo-rio-de-janeiro-doces-gastronomia-brigadeiro-melhor-do-rio

foto: Veja Rio

brigadeiros-do-tuiter-botafogo-rio-de-janeiro-doces-gastronomia-brigadeiro-melhor-do-rio

foto: Veja Rio

O Brigadeiros do Tuiter já fazia sucesso no Instagram e não demorou muito para sair apenas do virtual e tomar forma em uma galeria em Botafogo.

brigadeiros-do-tuiter-botafogo-rio-de-janeiro-doces-gastronomia-brigadeiro-melhor-do-rio

brigadeiros-do-tuiter-botafogo-rio-de-janeiro-doces-gastronomia-brigadeiro-melhor-do-rio

brigadeiros-do-tuiter-botafogo-rio-de-janeiro-doces-gastronomia-brigadeiro-melhor-do-rio

brigadeiros-do-tuiter-botafogo-rio-de-janeiro-doces-gastronomia-brigadeiro-melhor-do-rio

O nome vem do gato da Paloma, o Tuiter, e dá para ver a paixão dela (pelo gato e pelos brigadeiros, rs) em cada detalhe do lugar. Tudo é lindo! Do papel de parede, às loças da Pip Studio e, claro, aos brigadeiros! Todos os 24 sabores têm chocolate belga como base. Sim, são 24 tipos diferentes de delícias! Difícil escolher entre Oreo, Ovomaltine, Ninho com Nutella, Chocolate Belga, Churros, etc. Mas já adianto os meus preferidos: Grana Padano (o melhor!) e Doce de Leite com Flor de Sal (espetacular também!). Também tem brigadeiro de colher quentinho para dividir, café e outras delícias estão a caminho.

Parabéns, Paloma! Ficamos muito felizes com o sucesso da Brigadeiros do Tuiter! Continue adoçando maravilhosamente bem as nossas vidas! <3

Brigadeiros do Tuiter
Rua Voluntários da Pátria, 45 | loja 108 | Botafogo

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
jun 13, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: MINHAS 7 SOBREMESAS FAVORITAS DO RIO

Há algumas semanas fiz um post contando dos meus pratos favoritos do Rio, chegou a vez de falar da melhor parte, os doces! Sou viciada em açúcar e não abro mão de uma sobremesa quando vou jantar ou almoçar, nem que seja para dividir com todo mundo da mesa. Em alguns casos, isso é até necessário, rs. Ao mesmo tempo, eu só me arrisco em sobremesas que eu considero que valem mais a pena do que comprar um chocolatinho depois, em outro lugar. Olha só a lista:

foto 2 (27)

1. Bolo do Irajá :: Essa lista é em ordem aleatória, mas eu não comecei por este à toa. Esta é a melhor sobremesa do mundo. Sério. Do mundo! Atentem: uma fina camada de bolo de chocolate, um naco de brigadeiro quente, outra camada fina de bolo, sobrepostos. Quando servido, o garçom traz uma jarrinha de calda bem líquida e gelada de baunilha e joga em volta do monumento achocolatado. Morte certa. Já jantei em outros restaurantes e depois fui pedir a sobremesa no Irajá. É para dividir (por mais de duas pessoas até).

foto 3 (28)

2. Sorvete tapioca com calda de goiabada no Do Horto :: Simples e delicioso.  É uma taça grande de sorvete de tapioca, acompanhado de um potinho de calda quente de goiabada que você vai jogando com uma concha. Animal! Também é para dividir.

foto 2 (28)

3. Wonder Brownie do Joe & Leo’s :: Todo mundo idolatra o do Outback, mas não chega aos pés do Wonder Brownie do Joe & Leo’s – que tem mais de uma variedade de brownie, vale avisar. Esse tem além do bolo com sorvete, calda e chantilly, uma respeitável camada de Nutella (amém) e macadâmia salpicada. Um palavrão! Alerta: impossível comer sozinho… Serve umas 3 ou 4 pessoas.

foto 1 (3)

4. Torroncino do Artigiano :: O Artigiano é um dos restaurantes italianos mais gostosos e tradicionais aqui do Rio. Só não é perfeito porque não aceita cartão. Um inferno. Mas a comida faz valer a pena! As sobremesas também são boas e a que eu mais gosto é um sorvete com crocante de amêndoas e mini pedacinhos de chocolate de chocolate branco com calda de caramelo. Amo!

foto 1 (32)

5. Gâteau do Gula Gula :: É um petit gâteau de doce de leite quente, servido com sorvete de tapioca. Divino! Essa vaga teria sido da torta rústica de maçã, mas ela foi tirada do cardápio. Estou revoltadíssima.

foto 4 (21)

6. Milkshake de After Eight do Andy’s :: Eu não sou uma pessoa de Milkshake e sempre fui mais do sorvete, mas esse é de comer ajoelhado. Quem gosta de chocolate com menta vai amar. É feito com sorvete de chocomenta e batizado com crocantes de ovomaltine. Um pecado! O problema é que só tem Andy’s na Barra. Como eu fico? Triste. Ps: Que eu me lembre ele é verdinho, mas essa foi a foto que o Google me deu.

foto 3 (1)

7. Brigadeiro de colher com biscoito do Zuka :: Que eu não sei porque não chamam de palha italiana, rs. Mas é basicamente isso. Brigadeiro quentinho, com biscoito maizena e farofinha de biscoito. Simples e idefectível. Quando o assunto é doce, menos é mais pra mim.

Sem dúvida eu deixei algum favorito de fora, porque quando eu tenho que contar com a minha memória, sempre há um risco envolvido, rs. Mas essas são algumas daquelas que eu sempre vou querer pedir. De qualquer forma, fiquem de olho na hashtag #StarvinRioTips no Instagram, onde tem ainda mais dicas.

Gostaram?! Quais as favoritas de vocês?

Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
jun 06, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#StarvingRioTips :: 4 RESTAURANTES ROMÂNTICOS PARA O DIA DOS NAMORADOS!

banner-rio

Dia dos Namorados está chegando e já está na hora de começar a pensar na programação! Aproveitei o clima e selecionei 4 opções bem diferentes, mas igualmente românticas.

restaurante-rio-de-janeiro-romantico-dia-dos-namorados-fondue-blog-dica-starving-rj

restaurante-rio-de-janeiro-romantico-dia-dos-namorados-fondue-blog-dica-starving-rj

restaurante-rio-de-janeiro-romantico-dia-dos-namorados-fondue-blog-dica-starving-rj

HANSL :: Já comemorei o Dia dos Namorados 2 vezes lá. Acho que é realmente um dos endereços mais românticos da cidade! Fica ainda mais especial nessa época, que é ideal para um fondue! Afinal, dá 20 graus e carioca já coloca a carninha no óleo, né? rs… O Hansl fica no alto do Joá, então dá para imaginar a vista linda! Além disso, ainda tem o charme de ser totalmente à luz de velas. <3

R. Prof. Júlio Lohman, 132 | Joá

restaurante-rio-de-janeiro-romantico-dia-dos-namorados-fondue-blog-dica-starving-rj

restaurante-rio-de-janeiro-romantico-dia-dos-namorados-fondue-blog-dica-starving-rj

restaurante-rio-de-janeiro-romantico-dia-dos-namorados-fondue-blog-dica-starving-rj

APRAZÍVEL :: Um dos restaurantes mais lindos e charmosos da cidade! A comida também é maravilhosa! Nunca vou me esquecer do palmito fresco assado com pesto, azeite, manjericão e castanha-de­-caju e de um acompanhamento de espinafre com banana que veio em um prato que pedi uma vez, delicioso! :9

Rua Aprazível, 62 | Santa Teresa

restaurante-rio-de-janeiro-romantico-dia-dos-namorados-fondue-blog-dica-starving-rj

restaurante-rio-de-janeiro-romantico-dia-dos-namorados-fondue-blog-dica-starving-rj

BAR DOS DESCASADOS :: Também fica em Santa Teresa e, apesar do nome, é um ótimo lugar para casais, rs. Os drinks são uma delícia e o lugar é super aconchegante. Fica dentro do lindo Hotel Santa Teresa, onde também tem o Térèze, que mistura culinária brasileira e francesa.

R. Alm. Alexandrino, 660 | Santa Teresa

zaza

56f4ee265c124215a22b64e9946120e0

ZAZÁ BISTRÔ :: Acho o Zazá um charme!! Fui apenas uma vez, há alguns anos, com a Gabi, mas lembro que adorei a experiência. Sempre fico com vontade de voltar, mas infelizmente o tipo de cardápio de lá não agradaria tanto meu namorado, rs. Os ingredientes são orgânicos e tem alguma inspiração na cozinha asiática, mas com uma pegada tropical.

R. Joana Angélica, 40 | Ipanema

Se gostou de algum desses, ~ligue djá~ para reservar! rs… Sabemos como esse dia do ano é concorrido! Além disso, vale checar se rola algum menu especial. Muitos restaurantes fazem!

Esqueci de algum?!

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
maio 23, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: CASA DAROS!

banner-rio

Já tem um tempo que eu queria conhecer a Casa Daros, museu de arte latino-americana que fica em Botafogo. Aí, semana passada saiu a notícia de que o museu fecharia em Dezembro!😕 Mas calma, dizem que a prefeitura está se mexendo para que a instituição não encerre as atividades. Estou na torcida, pois seria uma pena a cidade perder um lugar cultural tão novo (tem menos de 2 anos) e tão bacana. O museu surgiu após a revitalização do casarão do século 19 onde funcionava um internato para meninas carentes nos tempos de Pedro II!

Aproveitei então para ir na exposição Made in Brasil, que é a primeira do museu dedicada apenas a artistas brasileiros.

casa-daros-made-in-brasil-rio-de-janeiro-dica-viagem-museu-arte-artistas-brasileiros-vik-muniz-cildo-meireles-dica-cultura

casa-daros-made-in-brasil-rio-de-janeiro-dica-viagem-museu-arte-artistas-brasileiros-vik-muniz-cildo-meireles-dica-cultura

casa-daros-made-in-brasil-rio-de-janeiro-dica-viagem-museu-arte-artistas-brasileiros-vik-muniz-cildo-meireles-dica-cultura

casa-daros-made-in-brasil-rio-de-janeiro-dica-viagem-museu-arte-artistas-brasileiros-vik-muniz-cildo-meireles-dica-culturaentrada gratuita às quartas!

casa-daros-made-in-brasil-rio-de-janeiro-dica-viagem-museu-arte-artistas-brasileiros-vik-muniz-cildo-meireles-dica-cultura

Aqui, “Missão/Missões (como construir catedrais)” de Cildo Meireles.
600.000 moedas, 8.000 hóstias e 2.000 ossos! 😮

São obras de artistas como Antonio Dias, Milton Machado, José Damasceno, Waltercio Caldas, Ernesto Neto, Miguel Rio Branco, Cildo Meireles e Vik Muniz.

A exposição fica até dia 9 de Agosto e, se tudo der certo e o museu continuar, terão mais edições com outros artistas brasileiros.

casa-daros-made-in-brasil-rio-de-janeiro-dica-viagem-museu-arte-artistas-brasileiros-vik-muniz-cildo-meireles-dica-cultura-restaurante-mira

Quem for lá vale muito almoçar ou tomar um café no Mira!, restaurante do museu que é uma delícia! Já almocei lá uma vez e adorei. De noite funciona como bar de tapas. É da mesma chef que comanda o Miam Miam e Oui Oui, dois ótimos restaurantes que também ficam em Botafogo. O cardápio tem influências latinas, mas também tem buffet de saladas e grelhados na hora do almoço.

Casa Daros
R. Gen. Severiano, 159, Botafogo
Quarta-feira a sábado de 11h às 17h e domingo de 11h às 18h

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
maio 16, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: MEUS 7 PRATOS FAVORITOS NO RIO

Cara, em bom carioquês, que post difícil! É bem capaz de eu lembrar de mais um ou mudar de ideia assim que eu clicar em “publicar”, mas vou ter que arriscar assim mesmo numa lista com meus pratos favoritos do Rio de Janeiro. Como boa fã de comida (e fã de boa comida também), esta lista é muito volátil, mas me ative a pratos que estão no topo da minha preferência há bastante tempo, assim reduzo o risco de arrependimento, rs. Vamos lá, em ordem aleatória:

foto 1 (2)

1. Filé de linguado com crosta crocante de quinoa, banana caramelizada e purê de baroa do CT Brasserie :: Talvez o meu prato favorito de todos! Quem curte doce com salgado vai morrer com esse! Tem crocância, tem maciez, tem doce, tem salgado… Uma iguaria completa! Além de uma boa pitada de manteiga, que não está na descrição, mas que eu sei que tem, rs. Mas é um atributo e não um demérito (tenho preconceito com manteiga).

foto 2 (2)

2. Risotto de limão siciliano do Meza Bar ::  É tipo um mini prato, então já aconteceu de eu pedir dois de tão bom que é (que falta de vergonha!). Esse é sem igual… Já tenho um fraco por risotto de limão, mas esse supera os demais. O segredo está no queijo! Rola uma mistura maravilhosa de queijos, com mascarpone e parmesão e talvez algum queijo curado… Não tenho certeza. Só sei que é maravilhoso! Um aviso quanto ao Meza: chegue cedo!

foto 3 (24)

3. Prato Infantil do Gula Gula :: Nem tudo nessa vida é sofisticação minha gente! Minha comida favorita, sem hesitação, é arroz com feijão. Simples assim. Depois que saí da casa da mamãe então, dou o mundo por um prato de arroz com feijão! Por isso, quando vou no Gula Gula, restaurante ícone da cidade, eu sempre peço o prato infantil. Eu não preciso de muita comida para ficar feliz, mas até que ele é bem servido. Existe em várias versões. A que eu peço é arroz, feijão, purê e peixe grelhado. Maravilha!

foto 3 (27)

4. Cavaquinha com purê de aipim, alho poró crocante e molho adocicado de amêndoas e avelãs do Bazzar :: Já deu pra notar que eu curto doce com salgado, né? Mas esse até que é bem suave! Amo frutos do mar, principalmente lagosta ou seus parentes próximos e essa cavaquinha do Bazzar é um pecado! O purê vem numa consistência perfeita e o crocante de alho poró equilibra as texturas. Sou louca nesse prato!

foto 4 (19)

5. Pão de queijo do Irajá :: Estou roubando aqui porque na verdade isto é uma entrada, rs. Mas eu gosto tanto, que abriria mão do prato para comer vários deste! Eu e meu namorado sempre pedimos mais de um. O Irajá é o meu restaurante favorito no Rio (que também tem a melhor sobremesa, mas isso vai entrar num outro post) e os pratos costumam mudar um bocado, mas o pão de queijo é uma constante. Na verdade é uma bolinha de tapioca com queijo, frita, acompanhada de uma geléia de damasco. A descrição não faz jus. Isso é divino!

foto 1 (1)

6. Royal Pad thai do Sawasdee :: Na verdade eu só amo muito Pad Thais e o do Sawasdee apenas é o que eu mais gosto na cidade. Adoro a mistura do talharim de arroz com o camarão, o amendoim e o limão (que vem à parte, mas que eu uso até o fim). Comida tailandesa é especial, né? Na Inglaterra comia sempre!

foto 2 (1)

7. Bobó de camarão na moranga com farofa de dendê no Do Horto :: O antigo Da Graça, agora chamado Do Horto, tem um belíssimo bobó de camarão na moranga, que no fim é só decorativa, mas que enche os olhos, rs. Não vou te dizer que a receita do bobó em si é muito melhor do que a da minha sogra por exemplo, mas a farofa de dendê é especial. Simples, mas muito gostosa! E a mistura é uma delícia. Sem contar que o restaurante ganha pontos pelo ambiente colado no Jardim Botânico e com vista para o Cristo. Aqui também tem uma sobremesa muito boa que vai entrar no outro post, rs. PS: Este prato serve 2,5 pessoas.

Vocês devem ter notado que todos os eleitos são de peixe ou fruto do mar ou queijo… É porque eu não como carne vermelha, rs. Com certeza a cidade reserva boas opções neste departamento, mas é que eu parei há tanto tempo que já nem lembro mais! De qualquer forma, tem sempre espaço aqui para vocês darem a contribuição de vocês, seja com carne ou não, aí nos comentários! :) Adoro descobrir novidades culinárias!

Gostaram!?

Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
maio 12, 2015 | Por Mandy em Por Aí, Restaurantes

#StarvingPorAí :: DICAS DE BELO HORIZONTE!

Uma pausa nas dicas da viagem de Los Angeles (ainda tem um post sobre as praias e um sobre o tour da Warner), para falar um pouco dos meus dias em Belo Horizonte no final de Abril. Falei em um post sobre a exposição do meu namorado no CCBB de BH e esse foi o motivo da nossa visita à cidade. Nunca tinha ido e curti muito! Conheci vários lugares muito legais e não podia deixar de compartilhar alguns por aqui.

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips-ihotim

INHOTIM :: Sempre tive muita vontade de conhecer e estava super ansiosa e com as expectativas lá em cima (e foram superadas!). Inhotim é um parque imenso (110 hectares, ou seja 1.100.000 metros quadrados!!) repleto de obras ao ar livre e galerias de arte contemporânea. É o maior centro de arte ao ar livre da América Latina e um dos museus mais bem avaliados do mundo pelos usuários.

O parque sozinho já vale a visita, porque todos os cantos são lindos. O paisagismo é maravilhoso. Como o parque é muito grande, o ideal é pagar pelo uso dos carrinhos que ficam circulando (R$20 super bem gastos). Ele percorre o parque por linhas e dá para se localizar facilmente pelo mapa que eles dão na entrada.

Tudo lá é muito bem cuidado e as lanchonetes e restaurantes são ótimos. Como o nosso tempo tava curto e não queríamos parar para almoçar, fizemos um lanche e compramos o cachorro-quente, indicação que uma leitora deu lá no nosso Instagram. É muito maravilhoso, juro! Valeu cada mordida! rs…

Precisa de pelo menos 2 dias para ver tudo, mas só tínhamos um dia para ir lá. É claro que várias coisas ficaram de fora, então vou ter que voltar. Até porque, sempre tem coisa nova por lá, então dá para visitar várias vezes.

Inhotim abre de terça a sexta das 9h30 às 16h30 e sábado, domingo e feriados das 9h30 às 17h30 e o ingresso custa R$40 (a inteira, R$20 a meia).

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips-topo-do-mundo

TOPO DO MUNDO :: Essa foi dica de uma outra leitora lá no Insta e eu amei demais!! Achei que não fosse dar tempo de ir, porque fica em Brumadinho (mesmo município onde fica Inhotim), mas acabou rolando. É cerca de 40 minutos de BH. Chegamos no laço da hora do pôr do sol, que foi divino, um dos mais bonitos que já vi na vida! O Topo do Mundo é um pico de 1.500 metros (localizado no alto da Cordilheira da Serra da Moeda) e fomos num restaurante lá em cima que tem o mesmo nome. As mesas na varanda garantem a vista mais bonita, mas o lugar todo é bem legal. Aliás, quando fomos embora, já de noite, vimos várias pessoas chegando para comer fondue. Programa super romântico! <3 Ah, e para os corajosos, dá para pular de parapente lá no pico!

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips

MEET ME AT THE YARD :: Eu amei o Meet Me (como o pessoal chama)! O lugar é lindo, super descolado! Tem vários desenhos lindos feitos com giz na parede, um jardim com projeções de filmes e desenhos animados, música bacana, comida boa e drinks bem gostosos. É um mix de cozinha americana com asiática, latina e mediterrânea. Para beber pedi o Black Cherry (o da Mason Jar na foto!) e o Gum Rise (com frutas vermelhas, suco de cramberry e laranja, leite de coco e vodka). Não achei um cardápio atualizado na internet, mas pedi um hambúrguer com algum molho de alho que estava muito muito bom! <3 Me falaram que às vezes tem sessão de cinema rolando por lá aos domingos.

Rua Curitiba, 2578 – Lourdes

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips

com LuCony, e Carol (que chegou no finalzinho)! <3

BOMB SHELL :: Só fui em lugar legal em BH, gente! rs.. Como esse povo sabe comer bem! Combinei de ir no Bomb Shell com a Lu ferreira, Cony e nossos respectivos. O ambiente é super informal, tipo um boteco muito cool e com uma decoração bacana. Tive que pedir o Demônio, drink mais famoso da casa de limão capeta, canela, mel e vodka. Para comer, a famosa batata rosti de lá. Pedimos a de carne seca com catupiry e a de frango com catupiry (a de carne seca é melhor!).

R. Sergipe, 1395 – Funcionários

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips

A OBRA :: Na nossa última noite em BH fomos na Obra, que como eles chamam, é um bar dançante. Eu curti muito, me diverti demais! O ambiente é super bacana, me senti até em algum lugar do Brooklyn, rs. Eu sou dessas que só me empolgo em boate se eu gosto da música e a de lá estava ótima! Rock, pop, hip-hop… tudo antigo. Não preciso de mais nada! Ainda aproveitei que lá tinha Guaraná Jesus para montar um drink só por causa da cor, haha. Mas até que ficou bom. A vodka corta o gosto muito doce do refrigerante.

R. Rio Grande do Norte, 1168 – Funcionários

dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tips dica-bar-restaurante-bh-belo-horizonte-viagem-dica-travel-tipsfotos acima, gulab

SALUMERIA CENTRAL :: Esse tinha sido recomendado por várias pessoas. O restaurante é especializado em embutidos. Não tinha como deixar de pedir uma boa tábua variada e queijos (na chapa!), amo! Também pedimos panturrilha de porco, que estava boa, mas comi uma mais gostosa na Mercearia 130 com a Cony.

R. Sapucaí, 527 – Floresta

Ainda fui na Mercearia 130, onde fui com a Cony e pedimos uma panturrilha de leitão maravilhosa, o Café com Letras, que fica no belo pátio do CCBB, o Xodó, fast-food super tradicional de lá, num restaurante argentino/uruguaio maravilhoso dentro do Mercado Cruzeiro e no Mercado Central, onde fui comprar queijos e doces mineiros! :9 Fiquei com muita vontade de ir no Birosca S2, mas estava fechado no dia que tentamos ir. Várias pessoas me indicaram e parece ser uma graça! Fica para a próxima!

Gostei muito de tudo que vi em BH e quero voltar em breve!  E quem for da cidade, aceito dicas para a próxima visita, hein!!

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
maio 09, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: LA FABRIQUE!

rio-de-janeiro-dicas-viagem-blog-starving-starvingriotips-travel

Tá aí um restaurante que eu adoro, frequentei bastante e não vou há um tempo. O La Fabrique, no Leme, é um bistrô de tapas mix de francês com espanhol e italiano.

dica-viagem-blog-restaurante-rio-de-janeiro-leme-bistro-frances-la-fabrique

dica-viagem-blog-restaurante-rio-de-janeiro-leme-bistro-frances-la-fabrique

dica-viagem-blog-restaurante-rio-de-janeiro-leme-bistro-frances-la-fabrique

O ambiente é uma graça, bem charmoso, e bem ali de frente pra praia, na Avenida Atlântica. As porções não são muito grandes, o legal é pedir coisas diferentes para experimentar e ficar ali um tempo apreciando o mar. Os espetinhos são o forte, mas tem um pouco de tudo. Já comi o Steak Tartare e adorei, recomendo! Também tem sanduíches, bruschettas e pratos mais elaborados.

dica-viagem-blog-restaurante-rio-de-janeiro-leme-bistro-frances-la-fabrique

534c006ccaa9beb8f90a08f26f7ed4d2fb299816d1317

dica-viagem-blog-restaurante-rio-de-janeiro-leme-bistro-frances-la-fabrique

As bebidas não ficam para trás. Além de uma carta de vinhos bacana, os drinks são bem gostosos. Lembro que pedi uma caipirinha de flor de hibisco com limão que estava muito boa!

Passei ali na frente ontem e fiquei com vontade voltar! :9

O La Fabrique é dos mesmos donos do Galeria 1618, também no Leme, que eu já fui e gostei. É ótimo para ir comer uns queijos e vinhos!

La Fabrique $$$
Av. Atlântica, 994 | Leme

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
abr 25, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: RESTAURANTE PURO!

rio-de-janeiro-dicas-viagem-blog-starving-starvingriotips-travel

No início da semana, antes de vir para BH, almocei em um novo restaurante no Jardim Botânico, o Puro, que abriu as portas a cerca de 3 semanas.

restaurante-dica-viagem-rio-de-janeiro-puro-jardim-botanico-organico-novo

Achei a proposta do chef Pedro Siqueira bem interessante: brasileiro, orgânico, com cardápio direto, sem muitos itens, o que já ajuda a não ficar em dúvida entre as opções, que parecem ser deliciosas. Os ingredientes vem de pequenos fornecedores, que estão a, no máximo, 20km do Rio. A ideia é trazer novos toques à comidas caseiras.

Além disso, a decoração é bem bacana e o ambiente de três andares é super aconchegante e tranquilo. Ainda tinha uma ótima luz natural, que possibilitou que eu tirasse fotos boas dos pratos, rs.

restaurante-dica-viagem-rio-de-janeiro-puro-jardim-botanico-organico-novo

Entradas: bolinho de arroz de carreteiro com queijo minas padrão (bem bom!) e moela de pato confitada com cebola caramelizada e prensa de tomate assado (que estava ok, mas o bolinho estava mais gostoso! rs…)

restaurante-dica-viagem-rio-de-janeiro-puro-jardim-botanico-organico-novo

Lagostim grelhado com creme de pupunha, compota de abóbora e miga crocante de laranja. O prato é bem pequeno, ainda mais se considerarmos com o preço, rs, mas estava bem gostoso!

Meu prato: mignon curado, gratinado de batata-baroa e pirão de queijo! Adorei, mas quem não curte sal não indicaria, mas para o meu paladar estava muito gostoso. :9

Sobremesa: fiquei em dúvida entre as quatro opções do cardápio, mas fui na recomendação do garçom: mousse de chocolate 70% com flor de sal e azeite! Achei fantástico! Bem bom mesmo.

Gostei bastante do Puro, mas acho que, como todo restaurante em seu início, ainda tem algumas coisas que podem melhorar. O atendimento é muito bom, mas os pratos demoraram para chegar. Uma curiosidade: o Puro é do ator Rafael Cardoso (que fez o chef de cozinha Vicente em Império) e da atriz Regiane Alves.

Puro $$$$
Rua Visconde de Carandaí, 43 – Jardim Botânico

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
abr 23, 2015 | Por Mandy em Por Aí, Restaurantes

NY :: 5 LUGARES PARA TOMAR SORVETE!

banner_ny

Não esqueci dos posts de NY, gente! Mesmo não estando lá no momento a coluna vai continuar! Até porque, tenho assuntos e dicas intermináveis sobre a cidade! <3 Desta vez, aproveitando que as temperaturas estão aumentando, resolvi fazer uma lista com alguns lugares legais para tomar sorvete!

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

1) BIG GAY ICE CREAM :: Vocês já devem ter cansado de ver essa dica aqui e no Insta, rs… mas é realmente muito bom! Eu adoro o Salty Pimp (sorvete de baunilha com sal marinho, doce de leite e cobertura de chocolate!) e o Bea Arthur (sorvete de baunilha com doce de leite e cobertura de biscoito Nilla). Volta e meia eles fazem uns sabores sazonais e também tem milkshakes e sundaes! :9

West Village
61 Grove Street
(com a Seventh Avenue South)

East Village
125 East 7th Street
(entre a 1st Avenue & Avenue A)

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

2) AMORINO :: Esse vale só pela beleza, mesmo se não fosse tão bom – e é! Sorvete em forma de pétalas, formando lindas flores! Nem sou tanto de pedir sorvete de frutas, mas quando ia na Amorino escolhia o sabor já pensando no colorido que ia ficar, rs. O de amarena é maravilhoso!

Union Square
60 University Pl

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

3) BLUE MARBLE :: Conheci a barraquinha na vez que fui na Smogarsburg com a (teve até vlog, lembram?!). A sorveteria é do Brooklyn e tem uma proposta orgânica interessante e o sorvete é feito no próprio local. O de Sea Salt Caramel é muito bom, recomendo! ;)

196 Court St, Cobble Hill, no Brooklyn

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

4) POP BAR :: Já falei do Pop Bar aqui no blog há alguns anos. Aliás, foi no post que fiz sobre sorvetes em 2012 e também falei da Amorino. Os picolés são todos artesanais e feitos sem lactose. Você pode comer ele puro ou colocar toppings.

West Village
5, Camine St.

78de479e4f5c0886aed52be27367b81a

melhores-sorvete-nova-york-ny-nyc-new-york-onde-comer-lugares-dica-viagem

5) A.B. BIAGI :: Essa sorveteria é do brasileiro Antonio Barros Biagi! Depois de uma temporada trabalhando em gelaterias italianas, Antonio abriu sua própria sorveteria em NY. Tem pitada de Brasil nos sabores (cupuaçu, açaí, brigadeiro, etc.), no café servido (Fazenda Ambiental Fortaleza), nas cores e na logo com pegada tropical. O sorvete é feito ali mesmo com leite orgânico e açúcar das usinas da família dele no Brasil. Nunca tive a sorte de passar lá e ter o de brigadeiro (hunf!), mas o de limão e o de chocolate são muito bons!

Nolita
235 Elizabeth St.

Alguém á foi em alguns desses?! Acabei deixando outros de fora da lista. Quem sabe não rola uma segunda versão do post? rs…

Gostaram?

Beijos,
Mandy

abr 11, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: 3 LUGARES PARA TOMAR CAFÉ DA MANHÃ/BRUNCH!

rio-de-janeiro-dicas-viagem-blog-starving-starvingriotips-travel

Um dos programas que eu mais gostava de fazer em NY era o famoso brunch! Já teve post com meus endereços favoritos da cidade, então nada mais justo do que fazer um com os do Rio também, né? :)

Rio-de-Janeiro-viagem-cafe-da-manha-brunch-onde-comer

CONFEITARIA COLOMBO :: Nada como o tradicional café da Confeitaria Colombo com essa vista maravilhosa! Vem com pães, frios, geléia, manteiga, biscoitos, bolos, café com leite (ou chá ou chocolate quente) e cereais. Também tem almoço e chá da tarde!

Preço: R$33 + R$4 para entrar no Forte de Copacabana.
Horário: de Terça à Domingo, das 10hs às 20hs.

Praça Coronel Eugênio Franco, 1 | Copacabana

Rio-de-Janeiro-viagem-cafe-da-manha-brunch-onde-comer

ESCOLA DO PÃO :: Eu fui já tem um tempo, mas lembro que gostei muito! É um dos mais tradicionais para café da manhã (e considerado o melhor por muitos), então tente fazer reserva antes. Vem bastante coisa, então vá para um brunch e prepare-se para ficar sem fome na hora do almoço, rs. São vários pratos e tem de tudo: sanduíches, sucos, creme de mamão com granola, gratin de queijo, biscoitos, bolos, etc.

Preço: R$70. Esse é bem mais caro que os outros, mas é bem farto.
Horário: 9 às 13 horas, apenas nos fins de semana e feriados

Rua General Garzon, 10 | Lagoa

Rio-de-Janeiro-viagem-cafe-da-manha-brunch-onde-comer

CASA CARANDAÍ :: Fui duas vezes recentemente e adorei. O ambiente é uma graça e a comida é bem gostosa. Fica nos fundos de uma delicatessen gracinha na Lopes Quintas. O buffet é bem servido com pães frutas, bolos, frios e você ainda pode pedir baguette na chapa com manteiga, ovos mexidos com torradinhas, canola de baguette com queijo derretido, iogurte orgânico e granola; além de cappuccino, chocolate quente, latte macchiato, etc. É do mesmo dono do Lorenzo Bistro, que já apareceu aqui. :)

Preço: R$38 (buffet completo + 1 bebida quente)
Horário: Seg-sáb, 9h-20h; dom, 9h-14h

Rua Lopes Quintas, 165 | Jardim Botânico

Ainda tem outros lugares legais como o La Bicyclette e o Café du Lage (dentro do Parque Lage), mas aceito indicação de outros! :) Adoro

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
abr 04, 2015 | Por Mandy em Restaurantes, Rio de Janeiro

#STARVINGRIOTIPS :: SOBE

Para quem costuma frequentar os bares do Jardim Botânico, o Sobe não é exatamente uma novidade. Versão 2.0 do Paxeco, espaço a céu aberto no rooftop do clássico restaurante Couve Flor na Pacheco Leão. Reaberto no fim do ano passado, o espaço ganhou um pequeno makeover e um novo cardápio. Eu fiquei feliz, porque sempre gostei muito de lá, até pela vista linda para o Jardim Botânico, o cristo e, em noites como ontem, a lua:

A photo posted by Blog Starving (@blogstarving) on

Tá, a minha foto não pegou a lua, mas estava um espetáculo. Fato é que esse não é um lugar notório pelo seu menu ou drinks, não que eles não sejam bons, mas o protagonista é definitivamente o ambiente. O espaço é realmente muito lindo, pela vista e também a decoração com luz baixa e mini lâmpadas em corrente:

10418993_334459733426939_6627565686655448971_n

10850321_325914327614813_658577413226502820_n

O clima é realmente muito gostoso. Se alguém apenas levanta o celular já ofuscava a vista (por isso não tirei muitas fotos). Então é um lugar bom para quem gosta de escurinho \0/. Claro que o cardápio também é importante e tem sim algumas opções interessantes tanto de comida quanto de birita, com opções variadas de caipirinha e também de drinks em jarras.

Screen shot 2015-04-04 at 10.24.48 PM

10580778_363466533859592_6189529958788624794_o

Já nas comilanças, o menu é sucinto, mas conta com bastante opção interessante e variada de entradas, mini porções e sanduíches, além de sobremesas. Ontem pedi o ceviche com chips de batata doce, bem gostoso, e a bolinha de queijo com molhos de creme de goiabada e mel com pimenta – uma maravilha! A bruschetta de cogumelos também fez sucesso na mesa:

Screen shot 2015-04-04 at 10.32.50 PM

Screen shot 2015-04-05 at 12.52.03 AM

Screen shot 2015-04-05 at 12.59.19 AM

Fotos: reprodução

A única recomendação é fazer uma reserva antes de ir, porque enche rápido e o Sobe é notório por ter filas (apesar de não ter visto nenhuma ontem). O preço pode ser um pouco salgado, mas dá para driblar dependendo das escolhas no cardápio. A Bruschetta, por exemplo, custa R$9,90.

Rua Pacheco Leão, 724
Jardim Botânico 
(21) 3114-7691
Beijos,
Gabi

Você também pode gostar
mar 26, 2015 | Por Mandy em Por Aí, Restaurantes

NY :: 5 RESTAURANTES PARA COMER UM BRUNCH!

banner_ny

Mais um post gastronômico de NY! Desta vez selecionei 5 brunches bacanas para conhecer na cidade. Já falei de alguns deles em momentos diferentes tanto aqui no blog, quanto no Insta (#StarvingNYtips). Existe refeição mais nova iorquina que o brunch? O programa preferido dos domingos é mesmo uma delícia!

sarabeths-ny-nyc-viagem-travel-tips-dica-restaurante-brunch-onde-ir-comer-nova-york

Sarabeth’s :: São cinco filiais em Manhattan e todas são igualmente charmosas. Fui na de Tribeca e adorei. O local é super aconchegante. Aliás, esse endereço é o favorito de várias celebridades, incluindo Kirsten Stewart, Taylor Swift (ela adora!), Karlie Kloss e Kanye West! O cardápio é bem tradicional. Eu nunca inovo muito em brunch, rs. Quase sempre preço Smoked Salmon Eggs Benedict e o de lá é uma delícia! Ah, eles também vendem alguns itens que produzem no próprio restaurante, como as geléias, sopas, biscoitos e outras gostosuras!

1) 40 Central Park South, 59th St. entre 5ª e 6ª Ave.

2) 381 Park Ave., entre a 26th e 27th St.

3) 423 Amsterdam Ave, entre a 80th e 81st St.

4) 1295 Madison Ave., entre a 92nd e 93rd St.

5) 339 Greenwich St., entre Harrison e Jay St. – O que eu fui, em Tribeca.

$$ – Horário do brunch: Sábados e Domingos das 8am às 4pm. Dá para fazer reserva pelo OpenTable.

boathouse-ny-nyc-viagem-travel-tips-dica-restaurante-brunch-onde-ir-comer-nova-york

The Loeb Boathouse :: Esse é digno de cena de filme, literalmente! rs… Já foi locação para vários filmes e séries. E dá para entender por que, é lindo demais! Na beira do The Lake, o principal lago do Central Park. Vale até ficar só sentado nas mesinhas do lado de fora tomando uns drinks. Durante o verão e primavera é possível andar nos barquinhos. O programa é uma delícia! Custa $15 a hora e uma taxa de $3 por pessoa.

East 72nd Street e 5ave (tem que entrar dentro do Central park, em direção ao lago!)

$$$ – Horário do brunch: Sábados e Domingos das 8am às 4pm. Não faz reserva no brunch, é por ordem de chegada. :( Como a fila é grande, recomendo horários menos requisitados, antes das 10am e depois das 2pm.

ladure-ny-nyc-viagem-travel-tips-dica-restaurante-brunch-onde-ir-comer-nova-york

Ladurée :: Já fiz um post só sobre a Ladurée. O lugar é lindo demais! Tenho um apego porque era onde ficava um dos meus restaurantes favoritos de NY que fechou há 2 anos, o Barolo. Pelo menos eles mantiveram o charmoso jardim, que fica ainda mais lindo na primavera com as cerejeiras. <3 Além do cardápio de brunch, tem opção de preço fixo ($49) com cinco pratos.

398 W Broadway, no SoHo

$$$ – Horário do brunch: Sábados de 8am às 3pm e Domingos de 10am às 3pm. (Tem café da manhã durante a semana de 8am às 11:30am). Dá para reservar pelo OpenTable.

bubbys-ny-nyc-viagem-travel-tips-dica-restaurante-brunch-onde-ir-comer-nova-york

Bubby’s :: Bem tradicional e com comida bem gostosa! O lugar tem uma carinha vintage bem legal, parece até que está no meio do Brooklyn, rs. O Bloody Mary (meu drink preferido da vida!!) deles é uma delícia! E a quem interessar possa, fica na esquina da rua da Taylor Swift, rs.

1) 120 Hudson St, em Tribeca – o que eu fui.

2) 73 Gansevoort St, no Meatpacking

$$ – Horário do brunch: Sábados e Domingos das 9am às 4pm. (Obs bacana: fica aberto 24h!) Dá para fazer reserva pelo OpenTable. Dá para fazer reserva pelo telefone: 212-219-0666

buvette-ny-nyc-viagem-travel-tips-dica-restaurante-brunch-onde-ir-comer-nova-york

Buvette :: Um dos lugares mais charmosos que já fui (tem em Paris também)! O lugar é pequeno, as mesas são meio apertadas, mas a comida é bem boa, vale a pena. Uma dica: Steamed eggs with prosciutto! :9

42 Grove St, no West Village

$$ – Horário do brunch:Sábados e Domingos das 9am às 4pm. Não faz reserva e a fila é grande! :( Mais uma vez, vale evitar horários que possam ser mais cheios.

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
Voltar para o topo!