fev 14, 2019 | Por Mandy em #CarnaStarving, DIY, Tutoriais

#CarnaStarving: Tutorial de fantasia de lhama!

Num post que fiz no final do ano passado, postei algumas das ideias que eu acreditava – e que vocês me responderam nos stories – que seriam apostas para o carnaval deste ano. Lhama foi uma delas e é claro que ia rolar tutorial por aqui! Já planejei uma fantasia com essa cabeça e vai ficar a coisa mais fofa.

Acho que a lhama tem tudo para ser o novo unicórnio, que bombou em 2017 e teve seu auge ano passado. Peças de decoração, papelaria e referências no Pinterest com certeza têm influência nisso, não acham?!

Bom, mas vamos lá!

Todo o material é da Caçula.

• Comecei encapando todo o arco com o fecho aveludado, que é ótimo de manusear e nem precisa de cola!

• Usei o próprio fecho pra fazer a base para as orelhas. Reparem que para prender o fecho no arco, eu enrolei um lado para dentro e outro para fora, assim fica mais estável.

• Depois, enrolei alguns fechos na base para que servisse de apoio para os pom poms brancos.

• Colei pom poms de tamanhos diferentes, começando pelos maiores e fui completando com os pequenos onde ficaram buracos.

• Esse pom pom não é tão fácil de colar, mas fiquei com receio de usar a cola quente no lugar da Tekbond porque ela é mais grossa e poderia ficar com acabamento bruto. Tive que ficar pressionando e colocando a cola TekBond entre os buracos (a ponta é de metal e bem fina, entrão dá para colocar cola nos espaços pequenos entre pom poms).

• Para colar os pom poms grandes de lã eu usei a cola quente mesmo e funcionou super bem. A mesma coisa para os penduricalhos das laterais, que escondi por trás dos pom poms das pontas.

• A única coisa do arco que não é da Caçula é essa fita de bolinhas degradê. Comprei na 25 de Março e o nome da marca é Luli.

• Coloquei a fita e a “correntinha” dourada também na testa. Achei que ficou diferente!

É isso! :) Já já tem mais tutorial por aqui!

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
fev 13, 2019 | Por Mandy em #CarnaStarving, DIY, Tutoriais

#CarnaStarving: tutorial de brinco pisca-pisca de disco voador!

É tanta coisa rolando ao mesmo tempo que os tutoriais tão rolando soltos lá no Instagram e Pinterest, mas não poderia deixar de postar por aqui também! Já dei um spoiler nos Stories, mas aqui vai o tutorial completo deste brinco de disco voador com LED! :)

Bom, as fitas de metalóide eu achei no Babado da Folia e o LED numa loja na frente da Caçula da Buenos Aires. Ele é pequeno e funciona com bateria, então é bem tranquilo de pendurar no brinco 0 custou R$5.

• Usei uma folha para pegar o desenho de um disco voador na internet. Desenho por cima da tela do computador mesmo, rs… Cortei o formato inteiro do disco voador no EVA prata, que serviu de base para os outros pedaços e também para o verso ficar bonitinho.

•Usei cerca de 5 fitas de cada cor e colei na parte de baixo da base, com um pouquinho da cola TekBond.

• Marquei onde seria mais ou menos o meio do disco voador e cortei a base e a parte da frente junto, com estilete.

• Depois, passei TekBond na base de plástico do LED e colei no verso do brinco, deixado somente o pisca-pisca para fora.

• Colei a parte de cima do disco voador (a parte prata) e também alguns paetês dourados soltos, como se fossem as outras luzes do disco.

• Usei um gancho de brinco e argolas que já tinha em casa para finalizar e pronto!

Não demorou muito e dá um efeito lindo!!! Vou fazer uma fantasia meio espacial e esse brinco vai ser perfeito. Fiz um só porque na outra orelha vou usar outra coisa – depois eu mostro! ;)

Tem mais tutorial vindo aí, então fiquem de olho!

Gostaram?

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
jan 24, 2019 | Por Mandy em #CarnaStarving, DIY, Tutoriais

#CarnaStarving: Tutorial colete de franjas metalizadas!

AHHH, tá chegando, nem acredito! Aquela época maravilhosa do ano, a melhor de todas, também conhecida como: carnaval! Estamos chegando na reta final de Janeiro e já tenho 7 tutoriais feitos. Aos poucos vou soltando por aqui e a minha ideia é que até a segunda semana de Fevereiro eu já tenha liberado todos eles pra galera poder encontrar o material e reproduzir em casa a tempo do fervo!


Glitterada | Imakestagram

O primeiro é o D.I.Y. de um colete franjado metalizado LINDO que eu tava doida pra fazer há um tempão. Sigo a Rachel Burke no Instagram há uns 2 anos e piro nas peças metalizadas que ela faz. Quando vi que a Laís, do Glitterada, tinha feito um colete nessa vibe, fiquei doida! Estávamos conversando para fazermos um tutorial em conjunto pro carnaval e é claro que não podia deixar de ser esse.

Nos reunimos um dia de manhã, fomos ao Saara para comprar o material e já partimos para a casa da Laís para fazer o colete.

O material é bem barato pro efeito que esse colete tem! Eu acabei comprando uma camisa branca no Saara (foi R$20), mas você pode usar alguma que já tenha em casa. Tirando a camisa, gastei só com os rolos de fita metalizadas, que comprei na Caçula por R$2,80 cada (cada rolo tem 50m). Acabei usando fitas de espessuras diferentes, o que dá um volume bacana. Quando mais fina for a fita, como no caso do colete da Laís, mais tempo demora, porque as fitas são coladas uma a uma. Ah, a cola é a TekBond, que falo sempre aqui.

Bom, para começar, cortamos as mangas e a gola da camisa, transformando em colete. Cortamos os botões e fizemos uma mini bainha, com cola mesmo, para dar acabamento e o tecido não ficar desfiando embaixo.

Obs: Cuidado quando for cortar a gola para não cortar a frente e o verso da camisa juntos, senão atrás ficará muito cavado.

Depois que a nossa base (vulgo camisa cortada, rs) estiver pronta, é só ter paciência e começar a colar as fitas de baixo pra cima, deixando uma margem de uns 4 dedos acima da bainha. Nós começamos fazendo uma linha com a cola e depois colando as fitas, deixando uma margem acima da cola de 1cm mais ou menos. É importante que a primeira fileira esteja bem cheia, com bastante volume, para não aparecer o tecido por baixo. Então fizemos cama dupla de fitas. É bom também colar uma fita um pouco por cima da outra, justamente para evitar que apareçam buracos. Lembrando que a fileira de cima deve ficar um pouco por cima da que está embaixo.

Depois é só repetir o processo até chegar na parte da cava do ombro e da gola. Onde for curvo, como na cava do ombro, por exemplo, passe a cola em toda a borda e vá colando as fitas seguindo a curva. Não tem problema se ficarem uns pedaços de fita para fora da cava, depois que a cola secar, é só cortar. ;)

Para dar o acabamento na gola e na parte superior do ombro, usamos a fita rosa. Na gola, deixamos um pedacinho sobrando para fora, dobramos e colamos na parte interna. Depois, fomos passando cola aos poucos, colando e pressionando, completando toda a volta da gola. Só é um pouquinho chato para fazer a curva, mas é só ir fazendo mini dobrinhas e pressionando que dá tudo certo, rs… Na parte superior do ombro, também deixamos um pedaço da fita sobrando, dobramos e colamos nas partes internas.

O ideal é deixar o colete pendurado num cabide, esperar a cola secar um pouco e depois analisar se precisa colocar mais fita em algum pedaço, se tem algum buraco, etc. É legal que o colete fique com bastante volume!

Demorou um pouco para terminar, cerca de 4h com duas pessoas fazendo ao mesmo tempo, mas o efeito fica lindo demais!! To apaixonada. <3

Acho que vou “economizar” para usar ele em blocos noturnos e não tão cheios, para evitar de ficar encostando em muitas pessoas e as fitas caírem (o que é quase impossível no carnaval), haha Acho que o colete é uma boa alternativa para usar as fitas metalizadas, porque quem já usou chicote sabe que no calor ele gruda na pele e mancha. O máximo que pode acontecer com esse colete é na parte interna do braço. E sinceramente, nem ligaria de me manchar um pouco usando um colete lindo desses, hahaha.

✨✨Lindo demais, Jesus! ✨✨

Gostaram?!

Beijos e até o próximo!
Mandy

Você também pode gostar
jan 03, 2019 | Por Mandy em Sobre o blog

03/01/2019: 9 anos de blog! <3

Lá no início de 2010, antes mesmo de existir este espaço chamado Instagram, já iniciava um blog que, além de minha paixão, também se tornaria uma das minhas ferramentas de trabalho. E lá atrás eu nunca poderia imaginar o que ele se tornaria. Um lugar onde compartilho sobre as coisas que mais amo, troco ideias, anseios, frustrações políticas e resistências com leitorxs marabrilhosxs (e que muitxs viraram amigxs). Aprendo demais, todos os dias. E fico extremamente feliz com esta comunidade que estamos criando, de pessoas tão apaixonadas por carnaval, assim como eu.

Por aqui, no blog e no grupo do FB falamos de amenidades, de beleza, de brilhos, de viagens, de cultura, feminismos… do que nos encanta e nos conforta diante de cenários tão difíceis. Mas também estamos juntxs quando a coisa aperta. E seguiremos… brilhando e esperando por dias melhores. Hoje o Starving completa 9 anos (!) e eu só posso agradecer por ainda estar por aqui dividindo tudo isso com vocês. Obrigada, marabrilhosxs!!!

Você também pode gostar
Voltar para o topo!