maio 09, 2017 | Por Mandy em Dicas, Estilo, Looks, Tendências

Desejo: Meias de lurex!

Meia arrastão?! Sim, já falamos dela por aqui… As meias andam aparecidas ultimamente e a da vez é a de lurex. Na verdade, o retorno dela, né? Direto dos anos 70/80. Se antes as meias ficavam camufladas em cores neutras e escondidas por dentro de calças compridas, agora elas são aparecidas. Eu, que nem gosto de um brilho (até parece), já aderi e sigo em busca de mais modelos.

Com calça cropped, com a barra do jeans dobrada, por cima de uma meia-calça, com tênis, botinhas e até sandálias, elas já dominaram o meu Pinterest – e imagino que o seu também. O desejo veio em boa hora, bem quando a temperatura está ficando mais baixa. O legal, é que dá para usar desde produções mais casuais até as mais arrumadas, com sapatos mais delicados, por exemplo – lembram desses looks do desfile de Inverno 2016 da Tommy?! <3

Não basta a botinha ser de glitter, a meia tem que ter brilho também! #SurraDeBrilho @melissaoficial ❤️✨

Uma publicação partilhada por Blog Starving ⭐️ (@blogstarving) a

Eu comprei a minha da Lupo na C&A (foi R$19,90) e esta semana comprei alguns pares no Ali Express. Só espero que não chegue depois que o Inverno passar, rs… Por enquanto, não está tão fácil de achar online. Se alguém tiver dicas, inclusive, eu aceito! 😄


Dumond | Farm | Lupo | Ziovara | Ali Express | Loba

Beijos,
Mandy

Você também pode gostar
maio 05, 2017 | Por Mandy em Por Aí

NY: Lugares perto de Nova York que valem a visita!

A gente bem sabe que Nova York oferece um monte de possibilidades quando o assunto é coisas para se fazer. Dos programas mais clássicos em Manhattan aos spots mais escondidos fora da ilha, dá para viver uma vida aqui e ainda não seria suficiente. É o que mais gosto aqui! E também adoro a localização estratégica da cidade, perto de muitas lugares interessantes, ótimos para as chamadas “day trips” – ou, traduzindo, aqueles passeios rápidos de um dia. Se você já veio muitas vezes para Nova York e está procurando locais diferentes para explorar ou se vai ter um período de viagem mais longo por aqui, vale explorar essas possibilidades. Veja algumas sugestões:

Storm King Arts Center – é uma das maiores referências do mundo em termos de esculturas e instalações modernas ao ar livre. Esse parque fica na cidade de New Windsor, no estado de Nova York, a cerca de 1 hora e 20 minutos de Manhattan. Lá, a dica é andar, andar e andar – e também usar o mini-trem que faz um tour geral por todo o parque. Na minha opinião, a melhor época para visitar o local é no fim de outubro, quando a paisagem de outono cria um contraste lindo com as esculturas! O parque conta com um café, mas eu acho as opções de lanche e almoço bem caídas. Se puder, leve sua comida e faça um piquenique! É bom lembrar que o parque não abre o ano todo (no inverno, o local é fechado). Mais infos no site!

Como chegar? A empresa Coach Usa / Short Line promove tours para o local saindo do Porth Authority Bus Terminal (42th St e 8 Av.). O ônibus sai às 10h da manhã e retorna às 16h45.  A  passagem custa U$46 e já inclui a entrada para o parque.


Kykuit – esse é o nome da residência da família Rockefeller. E costumo dizer que é a nossa versão – humilde – do Palácio de Versalhes… hahaha. Fica na cidade de Sleepy Hollow (upstate NY) e foi lar de  quatro gerações da família, começado com o filantropista John D. Rockefeller, fundador da Standard Oil. Seus negócios fizeram dele o homem mais rico dos Estados Unidos. A residência e os jardins fazem parte do National Trust for Historic Preservation, e vem sido mantidos por mais de 100 anos. Como a residência fica numa área elevada, há uma vista maravilhosa para o Hudson River, esculturas e a paisagem de tirar o fôlego. O lugar é lindo, tanto a casa, quanto os jardins. Você só consegue visitar Kykuit por meio dos tours guiados (em inglês). São vários tipos de tours, e eu recomendo o Classic Tour. Compre o ingresso com antecedência pelo site – custa de U$25 a U$28.

Como chegar? De trem, da Metro-North. Os trens partem da Grand Central e também da estação 125th Street, no Harlem. O destino final é TarryTown. Ao chegar em Tarrytown, pegue um táxi até o Visitor Center – de onde saem os ônibus para Kykuit.

Lavender by the Bay – essa foi uma das minhas descobertas mais felizes aqui  – uma fazenda de lavandas que fica a duas horas de Manhattan! Como não amar? Localizada em East Marion, Long Island, a Lavender By the Bay é uma das maiores fazendas de lavanda dos EUA e pertence a uma família que toca o negócio há mais de 15 anos. São mais de 6 hectares de terra onde são cultivados 20 tipos de lavandas em mais de 80 mil pés da planta. Há três períodos de florada durante o ano. A primeira florada, de lavandas inglesas, acontece em meados de junho e início de julho. A florada francesa, acontece no início de julho e costuma durar duas semanas. A terceira florada, também das lavandas inglesas, que florescem duas vezes, costuma ocorrer no final do verão e início do outorno (ou seja, fim de setembro e início de outubro). O mais bacana é que a fazenda tem uma Fan Page, que é atualizada com o status da plantação. Para visitar o local, é preciso pagar U$5.

Como chegar? A maneira mais prática é alugar um carro.  A viagem é  tranquila – grande parte dela, pela Long Island Expressway. A própria Lavender by the bay também sugere um caminho com transporte público: primeiro, pegue o Long Island Railroad, com destino a Greenport. Ao chegar na estação, você pode alugar uma bike para chegar à fazenda (15 minutos).

Espero que tenham gostado de mais um post meu por aqui! :) Pra acompanhar minhas dicas de NY, é só entrar no meu blog ou Instagram!

Beijos e até a próxima,
Laura

Você também pode gostar
Página 1 de 1.59712345...Última »
Voltar para o topo!